Missão da Arábia Saudita encerra inspeção a estabelecimento de aves e bovinos

Mariana Ohde


Em reunião com delegação da Arábia Saudita, em São Paulo, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, disse que missões feitas ao país neste momento por importadores de carne brasileira são bem vindas e que a impressão demonstrada no encontro “foi muito positiva”.

Segundo Maggi, nas inspeções feitas por importadores “é possível mostrar que os processos são bons, fortes” e que “o testemunho deles é muito importante”.

O ministro comentou que três equipes da Arábia Saudita visitaram estabelecimentos de bovinos e de aves no Rio Grande do Sul, São Paulo, Rondônia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

A vinda já estava prevista para este ano, mas foi antecipada, depois que foi deflagrada a Operação Carne Fraca. “Agora, os técnicos vão passar as informações para os órgãos de controle deles. Mas, de maneira geral, a impressão foi muito boa”, informou.

Balanço Carne Fraca

Em balanço sobre as ações adotadas até agora pelo Mapa, desde o início da Operação da PF, Maggi, observou que a força-tarefa do ministério está checando todo o sistema de produção e lembrou que as irregularidades apontadas no inquérito policial não se referiam à qualidade, mas sobre comportamentos.

“Agora, estamos agindo em relação às condições de conformidade dos produtos, checando sistemas, e onde há problemas, interditamos totalmente ou determinada linha de produção”, explicou. A orientação, de acordo com o ministro, “é não passar a mão na cabeça de ninguém” e que “responda quem tem que responder”.

Acrescentou, ainda, que a inspeção especial do Mapa está sendo ampliada a todos os estados.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal