Nova diretoria brasileira da Itaipu Binacional toma posse em Curitiba

Fernando Garcel


Andreza Rossini com Fernando Garcel
Foto: Andreza Rossini / Paraná Portal
Foto: Andreza Rossini / Paraná Portal

A nova diretoria brasileira e integrantes do novo Conselho Administrativo da Itaipu Binacional tomaram posse nesta segunda-feira (27), em Curitiba. O evento, realizado no auditório Poty Lazarotto do Museu Oscar Niemeyer, contou com a presença do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho, do governador Beto Richa (PSDB) e outras autoridades do Estado e do setor elétrico.

Quem assume a direção da maior geradora de energia do país é o engenheiro eletricista Luiz Fernando Vianna. Ele assinou o termo de posse no cargo de diretor-geral brasileiro de Itaipu na última quinta-feira (23), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ele passa a ocupar o cargo que era mantido por Jorge Samek desde 2003.

> ‘Com o fim da dívida, redução na tarifa é inevitável’, diz novo diretor de Itaipu

Luiz Fernando Vianna assume em um dos melhores momentos da Itaipu, com a usina apresentando altos índices de desempenho operacional e equilíbrio financeiro, com a quitação total da dívida já próxima no horizonte e um plano de modernização tecnológica pronto para ser executado. “Viana vai receber uma empresa organizada, que eu também recebi organizada. Está tudo em dia, recursos em caixa e pagamentos em dia”, declarou o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Ademar Traiano (PSDB).

“Uma grande conquista para o Paraná é a Copel”, declarou Vianna. “Vou para a Itaipu com uma grande paixão. Voltando a atuar na minha área de energia”, disse o novo diretor.

Foto: Andreza Rossini / Paraná Portal
Foto: Andreza Rossini / Paraná Portal

Em sua fala, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho (PSB-PE) assumiu que o valor da energia elétrica é alto no Brasil, mas garantiu que a gestão dele vai se empenhar em reduzir esse valor para melhorar a vida dos consumidores e produtores brasileiros. De acordo com a assessoria da estatal, a Itaipu Binacional voltou a ser a líder mundial na geração de energia limpa e renovável no último ano e é responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 75% do Paraguai.

> Itaipu reassume liderança em produção de energia

Conselho de Itaipu

Na última sexta-feira (24), o presidente Michel Temer (PMDB) nomeou três conselheiros da Itaipu Binacional, para mandato até 16 de maio de 2020. Entre eles Orlando Moisés Fischer Pessuti, Adailton da Rocha Teixeira e Paulo Jerônimo Bandeira de Mello Pedrosa. Com a nomeação dos três novos conselheiros, o Conselho de Administração da Itaipu Binacional brasileiro conta agora com cinco integrantes. Os dois que já estavam no cargo são Marcos Bezerra Abbot Galvão, representante do Ministério de Relações Exteriores, e o embaixador Paulo Estivallet de Mesquita. Ambos têm mandato válido até 16 de maio de 2020.

> Temer anula duas nomeações da Itaipu que feriam Lei das Estatais

Há ainda duas vagas não preenchidas, já que o Conselho de Administração é formado por sete integrantes (tanto no Brasil como no Paraguai). Seis deles são conselheiros e o sétimo é o representante da chancelaria, que não tem direito a voto nas decisões do Conselho.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="421528" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]