BRDE lidera operações com recursos do BNDES no Sul

Ao todo, foram R$ 671,7 milhões em operações liberadas no período. O BRDE ocupa também a primeira posição no país como agente financeiro do BNDES Automático.

Redação - 12 de abril de 2022, 18:04

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O BRDE (Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul) liderou as operações com recursos do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) na região Sul no primeiro trimestre de 2022. Ao todo, foram R$ 671,7 milhões em operações liberadas no período.

“Este primeiro trimestre aponta para um 2022 no qual podemos alcançar a meta de R$ 1,4 bilhão de recursos operados pela agência paranaense do BRDE”, disse o superintendente do banco, Paulo Cesar Starke Junior. “O banco começou forte no setor industrial, mas também atendendo pequenas e médias empresas. Teremos um primeiro semestre forte para a indústria e um segundo semestre forte para o agronegócio”.

O BRDE ocupa também a primeira posição do país como agente financeiro do programa BNDES Automático, que financia investimentos fixos.

Na classificação geral em termos de recursos liberados junto ao BNDES, o BRDE também aparece em segundo lugar, ficando atrás apenas do Bradesco (R$ 1,4 bilhão), mas à frente de instituições como Itaú, Santander, Sicredi, Banco do Brasil e Banrisul. Neste período, o BRDE soma 5.728 operações aprovadas junto ao seu principal parceiro de captação de financiamento.

"Essa posição assegura ao BRDE a possibilidade de alcance das metas orçamentárias e gerencial, com a conquista de novos limites a fim de garantir a movimentação da economia, a empregabilidade e atendimento à demanda de créditos dos empresários", afirma o presidente do BRDE, Wilson Bley Lipski.