Porto de Paranaguá passa por mudanças para receber navios maiores

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella,  junto com o governador Beto Richa, assinaram nesta quinta-feira (02), e..

02 de fevereiro de 2017, 16:07

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella,  junto com o governador Beto Richa, assinaram nesta quinta-feira (02), em Paranaguá, a ordem de serviço para dragagem de aprofundamento do Porto de Paranaguá (PR).

A execução da obra é para o aprofundamento do canal de acesso aquaviário, bacia de evolução e berço público do Porto e terá um investimento de R$ 394 milhões.

Atualmente, Paranaguá recebe diariamente 30 navios de, no máximo, 12,6 metros de calado.

Com o aumento da profundidade, o canal externo passará dos atuais 15 metros para 16 metros. Já o canal interno saltará de 14 m para 15 metros.

Há 20 anos que o porto não passava por dragagens de aprofundamento – foram feitas três dragagens, de manutenção, entre os anos de 2012 e 2016. “O porto não poderia esperar mais por esta obra pelo alto grau de influência de Paranaguá para o setor produtivo do país”, afirma Quintella.

Com 1,5 metros a mais de profundidade, apenas no Terminal de Contêineres, será possível carregar 1.050 Unidades de Contêiner a mais por navio.

Entre os portos brasileiros, o Porto de Paranaguá é o 1º em exportação de soja, farelo de soja e óleo vegetal, é o 2º em exportação de açúcar, milho, algodão, papel (bobina), álcool e veículos; e o 3º em exportação de congelados, soja e madeira.