Procon divulga lista de sites para evitar na Black Friday

Andreza Rossini


O Procon de São Paulo divulgou, nesta terça-feira (13), a lista dos sites que devem ser evitados pelos consumidores durante as promoções da Black Friday, que será na sexta-feira, dia 23 de novembro.

A lista inclui os sites que tiveram reclamações de consumidores registradas junto ao órgão, que foram notificados e não responderam ou não foram encontrados.  O documento aponta 500 lojas virtuais, organizado por ordem alfabética pelo nome fantasia da empresa.

No Brasil é comum que as ofertas comecem a ser divulgadas na quinta-feira (22) e, algumas lojas, fazem a “Black Week”, com ofertas durante toda a semana.

É importante que o consumidor verifique a legitimidade do e-commerce, cheque o prazo do frete e a disponibilidade do produto divulgada pela loja.

É possível ver opiniões de outros consumidores da loja escolhida em sites como Reclame Aqui e Proteste.

 

Consumidor

De acordo com uma pesquisa do Ibope Conecta, os produtos mais procurados pelos consumidores nessa promoção são eletroeletrônicos e eletrodomésticos. O levantamento foi encomendado pelo Mercado Livre.

Ainda segundo o levantamento, 79% dos entrevistados afirmaram que pretendem aproveitar as promoções neste ano e 31% querem comprar aparelhos celulares e 11% almejam eletrodomésticos. A internet deve ser a principal forma de compra.

 

Previous ArticleNext Article