Procon PR divulga pesquisa de preço de materiais escolares

O Procon-PR realizou uma pesquisa de preços dos materiais escolares, entre os dias 08 e 10 de janeiro de 2019, em quatro..

Redação - 18 de fevereiro de 2019, 18:51

Material escolar.
Foto: Arquivo ANPr
Material escolar. Foto: Arquivo ANPr

O Procon-PR realizou uma pesquisa de preços dos materiais escolares, entre os dias 08 e 10 de janeiro de 2019, em quatro estabelecimentos de Curitiba.   Ao todo, foram pesquisados mais de 150 itens, sendo consideradas, para o levantamento, marcas pré-definidas.

Segundo o Procon-PR, as diferenças encontradas de um estabelecimento para outro comprovam a importância da pesquisa de preços e também das condições de pagamento disponíveis no mercado, já que quem pesquisa acaba economizando.

As maiores variações de preço encontradas nos estabelecimentos foram:

- Tinta Guache 6 cores - 15 ml cada – marca Acrilex – Variação: 112%

Maior preço: R$ 5,30 (Livrarias Curitiba)

Menor preço: R$ 2,50 (Kalunga)

Diferença: R$ 2,20

- Lápis de Cor Aquarelável – 12 cores – marca Faber Castell – Variação: 110%

Maior preço: R$ 33,40 (Livrarias Curitiba)

Menor preço: R$ 15,90 (Kalunga)

Diferença: R$ 17,50

- Caneta Hidrocor - 12 Cores – marca Faber Castell – Variação: 80%

Maior preço: R$ 15,99 (Casa China)

Menor preço: R$ 8,90 (Kalunga)

Diferença: R$ 7,09

- Caderno 96 Folhas - Avengers – marca Tilibra – Variação: 70%

Maior preço: R$ 21,99 (Lojas Americanas)

Menor preço: R$ 12,90 (Livrarias Curitiba)

Diferença: R$ 9,09

- Caderno Jolie 200 folhas – marca Tilibra – Variação: 33%

Maior Preço: R$ 39,99 (Lojas Americanas)

Menor Preço: R$ 29,99 (Casa China)

Diferença: R$: 10,00

Para facilitar a pesquisa, o consumidor pode utilizar, por exemplo, o aplicativo "Menor Preço Nota Paraná", que permite a comparação de preços de uma forma rápida e moderna.

Além disso, os pais podem se reunir e comprar em quantidade, o que possibilita conseguir maiores descontos e melhores condições de pagamento.

Para ver a pesquisa completa, clique aqui

 

Fonte: Procon/PR