Procon-PR notifica TIM por fechamento de call center

Roger Pereira


O Procon-PR abriu processo de investigação preliminar contra a Operadora TIM em razão do fechamento de seu call center no Paraná, resultando na demissão de 500 funcionários.

A medida foi tomada pelo órgão de defesa do consumidor após a divulgação da demissão dos funcionários e o fechamento do canal de atendimento, o que pode prejudicar os usuários dos serviços prestados pela empresa, além de dificultar a solução das reclamações apresentadas pelos consumidores.

A notificação foi entregue em mãos ao representante da operadora de telefonia, Cleber Rodrigo Affanio, pelo secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão de Mattos Leão Júnior. “Além dos postos de trabalho fechados, o atendimento ao consumidor pode ser prejudicado e já temos um número considerável de reclamações contra a empresa”, ressaltou o secretário. Segundo ele, esta decisão gera uma insegurança e em razão disso o Governo do Estado notifica para que ela mostre quais são as atitudes de compensação formal que serão adotadas de tal forma que o consumidor não seja prejudicado.

A empresa disse que o call center foi fechado no estado, mas que o serviço continua por outra região do Brasil, garantindo que o consumidor não terá prejuízo.

Para a diretora do Procon-PR, Cláudia Silvano, quando uma empresa cria um problema para o consumidor ela tem que resolver, e isso, segundo ela, nem sempre acontece. “Uma notícia como esta gera uma insegurança para o consumidor e ele tem que ser comunicado pela empresa. Uma vez que fechou esta célula de atendimento a empresa tem que disponibilizar outros canais para o consumidor, evitando transtornos para ele e consequentemente reclamações que serão registradas não só no Procon estadual, mas nos municipais. Então se vai haver alguma mudança ou não o consumidor tem que ser informado”, disse Claudia enfatizando que esta é uma ação preventiva do governo.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal