Produção industrial cai 1,3% em março, diz IBGE

Folhapress


A produção industrial brasileira caiu 1,3% em março, fechando o primeiro trimestre em queda de 2,2%, informou nesta sexta (3) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Na comparação com março de 2019, a queda foi de 6,1%.

O resultado ficou bem abaixo da projeção de analistas ouvidos pela Bloomberg, que esperavam queda de 0,6% com relação ao mês anterior e de 4,7% na comparação com março de 2018.
De acordo com o IBGE, os maiores impactos negativos vieram das indústrias de produtos alimentícios, que teve queda de 4,9%, veículos automotores (-3,2%) e derivados de petróleo e biocombustíveis (-2,7%).

Dos 26 grupos analisados pelo instituto, 16 recuaram em março. Entre os que apresentaram resultado positivo, o destaque foi o setor de produtos farmacêuticos, com alta de 4,6%. A indústria extrativa permanece sentindo os efeitos da tragédia em Brumadinho (MG), que contabiliza até o momento 233 mortos e 37 desaparecidos, e teve queda de 1,7% no mês.

O rompimento da barragem Córrego do Fundão levou autoridades a decretarem a suspensão de operações em diversas barragens em Minas Gerais, com impacto sobre a produção nacional de minério de ferro.

Dados compilados pela consultoria IHS Markit mostram que a situação não melhorou em abril. O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), calculado pela consultoria, teve no mês o resultado mais fraco em seis meses.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="617534" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]