Reabertura da Ponte da Amizade com aumento da cota tem apoio de Brasília

Redação

ponte da amizade

Autoridades brasileiras e paraguaias estão trabalhando para a reabertura da Ponte da Amizade, que liga Foz do Iguaçu, no Paraná, a Ciudad del Este, no Paraguai.

A principal ligação entre os dois países está fechada desde 18 de março deste ano, causando vários prejuízos econômicos e sociais, em especial para as pessoas mais pobres, que dependem desse comércio para sobreviver.

A retomada gradativa da economia entre os dois países tem como base dados da redução de casos confirmados de covid-19 na região.

Em Brasília, a iniciativa tem sido vista com bons olhos. A abertura gradual da ponte seria feita de forma escalonada a partir da criação de um corredor sanitário, que permitiria o trânsito entre as duas cidades fronteiriças. Também está no foco da discussão um possível aumento da cota de compras terrestre como incentivo ao turismo regional.

A região é uma das mais prejudicadas pelo fechamento da Ponte da Amizade, onde circulam milhares de pessoas e serve de passagem de boa parte da riqueza paraguaia rumo aos mercados brasileiros.

Previous ArticleNext Article