Shoppings dizem que vendas superaram o patamar pré-pandemia pela primeira vez

Joana Cunha - Folhapress, Mariana Grazini - Folhapress e Andressa Motter, Folhapress

Shoppings de Curitiba se unem e lançam campanha contra fechamento do comércio

Pela primeira vez desde o início da pandemia, os shoppings tiveram uma data comemorativa com resultado superior às vendas registradas antes da chegada do coronavírus no Brasil.
A Abrasce (associação dos shoppings) fechou o levantamento do Dia dos Pais deste ano com um total movimentado pelo setor em torno de R$ 3,8 bilhões, avanço de 8,3% em relação a 2019, sem considerar a inflação, segundo a entidade.
Na comparação com a data em 2020, a alta foi de 45,4%, superando a expectativa de 30% de crescimento.
O ticket médio das compras também subiu para R$ 193, ante R$ 172 em 2020, diz a entidade.
Segundo o presidente da Abrasce, Glauco Humai, o setor tem apresentado tendência de crescimento desde março, quando as medidas de restrição ao funcionamento dos shoppings começaram a diminuir.
A perspectiva é fechar 2021 com avanço de 58,3% no faturamento em relação ao ano passado.
Para Humai, o momento é de “otimismo com cautela” devido ao cenário ainda volátil na saúde, somado a questões como inflação, juros e queda de renda.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="783581" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]