Eleições 2020
Compartilhar

Eleições 2020: confira dicas para votar com segurança em meio à pandemia de Covid-19

No dia 15 de novembro, mais de 8 milhões de eleitores do Paraná são esperados para o 1º turno das Eleições 2020. Em meio..

Angelo Sfair - 10 de novembro de 2020, 07:00

Antonio Augusto/Ascom/TSE
Antonio Augusto/Ascom/TSE

No dia 15 de novembro, mais de 8 milhões de eleitores do Paraná são esperados para o 1º turno das Eleições 2020. Em meio à pandemia do coronavírus, uma das preocupações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é realizar uma eleição segura para eleitores e voluntários.

Por isso, uma série de regras novas estão em vigor para este pleito. Todas as zonas eleitorais vão disponibilizar álcool em gel para a higienização das mãos. Confira algumas dicas para exercer o direito ao voto e manter-se seguro contra a Covid-19.

*ATENÇÃO: Se tiver febre, sintomas respiratórios, ou se contraiu a doença nos 14 dias que antecedem as Eleições 2020, fique em casa.

Uma das principais orientações é uso da máscara, obrigatório em todo o Paraná. O eleitor deve sair de casa usando a máscara, e dentro dos locais de votação não será permitida a presença de pessoas sem o equipamento.

Outro pedido da Justiça Eleitoral é que os participantes das Eleições 2020 levem consigo uma caneta. Usando o próprio material para assinar a presença na urna, o cidadão evita o contato com objetos que podem estar contaminados.

"Se possível, pedimos nesse ano que não levem acompanhantes aos locais de votação, como por exemplo, criança, filho, neto, ou qualquer outra pessoa", orienta Rubiane Kreuz, coordenadora de comunicação do TRE-PR.

Segundo ela, nas Eleições 2020, o local de votação é apenas para aquele eleitor que realmente vai realmente exercer o direito ao voto. Por isso, também não será possível justificar o voto nos colégios eleitorais.

O eleitor que não estiver no seu domicílio eleitoral no dia 15 de novembro não deve justificar a ausência presencialmente. O prazo para justificativa é de 60 dias, podendo ser registrada nos cartórios eleitorais, no Sistema Justifica e pelo aplicativo e-Título.