Eleições 2020: Veja o que Samara Garratini pretende fazer se eleita prefeita de Curitiba

Redação

samara garratini, professora samara, candidata, prefeita, curitiba, candidatos prefeitura curitiba, candidatos a prefeito de curitiba, eleições, eleição, eleições 2020

Professora Samara Garratini é candidata a prefeita de Curitiba pelo PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) nas Eleições 2020. Ao Paraná Portal, ela falou sobre o que pretende fazer caso seja eleita, abordou suas principais propostas e como pretende agir durante o pós-pandemia.

1. Por que a senhora acredita que deve assumir a Prefeitura de Curitiba?

Professora Samara Garratini: Porque queremos colocar todos os recursos e condições que a prefeitura dispõe, como também nosso mandato, a serviço da luta para mudar a vida dos que precisam trabalhar para sobreviver.  Não mentimos para ter votos, porque sabemos que para acabar com a pobreza e desigualdade, precisamos mudar não só Curitiba, mas o estado e o Brasil, não adianta só tirar esse governo, sem acabar com o controle dos bancos e das grandes empresas e para isso propomos a uma nova organização, os conselhos populares, com delegados eleitos nos bairros, nos locais de trabalho e de estudo, para que de fato os trabalhadores governem Curitiba.

2. Quais são os principais desafios que a senhora deverá enfrentar no caso de ser eleita?

Professora Samara Garratini:

  • Romper com as empresas privadas de ônibus, absorver a frota já paga com dinheiro público na prefeitura, garantindo um transporte integrado com a região metropolitana com uma tarifa de 1,00;
  • Cobrar um IPTU mais caro dos terrenos abandonados e dos prédios vazios que corroboram com a falta de moradia digna na cidade;
  • Acabar com as terceirizações e as parcerias públicas privadas que só sucateiam os serviço público e garantem lucros para os donos das empresas garantindo dinheiro público somente  no serviço público;
  • Um plano de obras públicas para garantir emprego e renda na cidade, gerenciada pela equipe técnica da prefeitura sem participação de empreiteiras.

3. Destaque suas principais propostas para resolver os problemas que a senhora acredita que a cidade possui?

Professora Samara Garratini: O principal problema da cidade é que essa prefeitura governa para os banqueiros e os grandes empresários que controlam a cidade. Nós defendemos romper com essa lógica e governar para quem precisa trabalhar para sobreviver, por isso propomos a suspensão imediata do pagamento da dívida pública que só em juros leva 200 milhões de reais dos cofres públicos todo ano, esse dinheiro será revertido em investimento nos serviços públicos como saúde, educação, transporte, segurança, alimentação e vários outros.

4. Como a senhora pretende trabalhar junto aos governos estadual e federal na administração da cidade?

Professora Samara Garratini: Hoje a relação que se têm entre a prefeitura, o governo estadual e federal prioriza apenas a troca de favores em benefício de cargos políticos e alianças financeiras com os grandes empresários em que nada beneficiam a população. Nós do PSTU defendemos que os mandatos indiferente da esfera devem levar em conta a necessidade da população, por isso propomos a organização dos que precisam de trabalhar para sobreviver nos conselhos populares para administrar a cidade, será uma prefeitura de oposição que em conjunto lutará para melhorar a vida dos trabalhadores e do povo pobre.

5. O que a senhora fará para gerar empregos e renda já que os próximos anos deverão ser difíceis devido aos impactos da pandemia?

Professora Samara Garratini: Nosso mandato irá romper com a isenção fiscal para os grandes empresários e garantir incentivo aos pequenos que de fato precisam e empregam nessa cidade. Além disso, propomos um plano de obras públicas, para empregar os desempregados da cidade, e para melhorar as condições de vida de toda curitiba, com a construção de um metro público, creches, ampliação de restaurantes populares no valor de R$ 1,00, construir lavanderias públicas anexas ao armazém da família, construção de maternidades em cada regional, casas abrigo para atender que precisam.

Para acompanhar a candidata, siga ela no Facebook e no Instagram.

Previous ArticleNext Article