Em jogo histórico, Manchester United elimina PSG com pênalti do VAR

Vinicius Cordeiro

O PSG acabou sendo eliminado da Liga dos Campeões pelo Manchester United nesta quarta-feira (6) em uma das partidas mais emocionantes do ano.

Depois de vencer os ingleses por 2 a 0 no jogo da ida, o clube francês acabou sendo derrotado por 3 a 1 no Parque dos Príncipes em um cenário totalmente favorável para a confirmação da vaga nas quartas de final. Os atacantes Lukaku, duas vezes, e Rashford garantiram o triunfo do United, enquanto o lateral esquerdo Bernat descontou.

Leia também: No Instagram, Neymar se revolta com VAR após eliminação do PSG: “vergonha”

Os Red Devils entraram em campo com nove desfalques – entre eles o meia Paul Pogba, maior astro do time. Apesar da atuação muito abaixo, o time comandado por Solskjaer contou com falhas da defesa do PSG e um pênalti, assinalado com a utilização do VAR (árbitro de vídeo), para seguir vivo na maior competição entre clubes do mundo.


Agora o United espera o sorteio dos confrontos das quartas de final. A definição dos duelos será feita no dia 15 de março (sexta-feira).

Jogo histórico

A ótima vantagem do PSG construída no primeiro jogo desapareceu em dois minutos. Kehrer falhou feio em passe para atrás e Lukaku aproveitou. O belga colocou na frente e deixou Buffon para trás antes de se esticar para balançar as redes com o pé esquerdo.

Lukaku marcou o primeiro gol logo no início do duelo. Foto: Divulgação UEFA

Apesar do susto, os franceses conseguiram reagir e chegaram ao empate aos 12 minutos. Daniel Alves deu ótimo passe para Mbappé, dentro da área. O craque francês girou e tocou na segunda trave, onde Bernat apareceu sozinho para completar.

O Paris passou a ter domínio total da partida, mas viu o United contou com a sorte. Rashford arriscou o chute de fora da área e Buffon deu rebote. Lukaku mostrou oportunismo e bateu para o fundo das redes pela segunda vez.

Os ingleses ainda precisavam de mais um gol para se classificar. Mesmo assim, os Red Devils não partiram ao ataque em nenhum momento do jogo.

Na etapa final, o PSG cansou de desperdiçar chances. Na mais perigosa delas, o jovem Mbappé saiu na cara do goleiro De Gea e acabou escorregando na hora da definição. Na sequência, a bola sobrou para Bernat. O lateral esquerdo soltou uma pancada e carimbou a trave.

A partida entrou na sua reta final e o United pouco se aventurou no campo ofensivo, nem mesmo esboçando uma pressão no time da casa. Entretanto, aos 44 minutos, Dalot arrematou de fora da área e a bola desviou em Kimpembe antes de sair pela linha de fundo.

O escanteio foi marcado pelo árbitro Damir Skomina, mas ele ouviu o VAR e foi assistir ao replay do lance na beira do gramado. O juiz viu que o defensor deixou o braço aberto e assinalou a penalidade. Na cobrança, Rashford bateu firme e garantiu o triunfo histórico.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook