Operário campeão da Série D

Francielly Azevedo


Por Francielly Azevedo e Roger Pereira

A cidade de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, ficou nacionalmente conhecida este ano e o “culpado” foi o Operário. No dia 10 de setembro o Fantasma ergueu a taça de Campeão Brasileiro da Série D e emocionou até quem não torcia para o time. O título veio após uma derrota para o Globo-RN, por 1 a 0, mas pouco importou pois foi o primeiro título nacional do Operário em 105 anos de história.

Depois do título do Paranaense em 2015, a equipe caiu para segunda divisão do estadual em 2016 e não conseguiu voltar em 2017. Porém, o Fantasma usou os tropeços como energia para não desistir.

Encerrou a primeira fase como primeiro do grupo A15, com 12 pontos (quatro vitórias e duas derrotas). Na segunda fase, eliminou a Desportiva Ferroviária por 2 a 0 (fora de casa) e 2 a 1 (em Ponta Grossa). Passou para as oitavas de final e deixou para trás o Espírito Santo na disputa de pênaltis. Nas quartas foi a vez de eliminar o Maranhão por 3 a 1 como visitante e 2 a 1 em casa e garantir a vaga para a Série C. Na semi bateu o Atlético-AC (0 a 0 fora e 2 a 0 em casa). E então disputou o título com o Globo. Fez 5 a 0 no duelo de ida, no Barretão, e em casa acabou derrotado por 1 a 0.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.