Wilson será desfalque do Coritiba por mais de um mês

Vinicius Cordeiro


O goleiro Wilson será desfalque do Coritiba de seis a oito semanas. Essa foi a previsão dada pelo diretor de futebol do clube, Rodrigo Pastana nesta segunda-feira (25), ao comprovar que o capitão da equipe está machucado.

“É uma lesão grave, que pode se tornar crônica. Aconteceu no jogo contra o Operário e de lá para cá tem jogado com isso. Ele não queria operar de maneira alguma, mas foram feitos todos os exames e pode se tornar cronico dentro de três semanas. Sem querer diminuir o Estadual, mas pela importância que a Série B, optamos por fazer a cirurgia agora”, revelou Pastana.

A lesão foi sofrida na última partida da fase de grupos da Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Campeonato Paranaense 2019. Ou seja, mesmo machucado, Wilson jogou em duas partidas (e disputas de pênaltis): a semifinal contra o FC Cascavel e a final perdida, nos pênaltis, para o Toledo neste domingo (24).

Apresentado oficialmente pelo Coxa, o técnico Umberto Louzer, que acompanhou a decisão no Couto Pereira, lamentou a ausência do goleiro de 35 anos nesse seu início de trabalho. “A representatividade que ele tem dentro do clube nos fará falta”, avaliou.

Caso demore dois meses em sua recuperação, Wilson vai ficar de fora da Taça Dirceu Kruger, o segundo turno do Estadual. Nesse cenário, o goleiro só poderá defender o gol alviverde novamente na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. A estreia da equipe está marcada para o dia 27 de abril, contra a Ponte Preta, no Couto Pereira.

Marca importante

Wilson é o quinto goleiro que mais atuou pelo clube do Alto da Glória, ficando atrás de:

1 – Jairo: 410 jogos.

2 – Vanderlei: 301 jogos.

3 – Hamilton: 233 jogos.

4 – Edson Bastos: 202 jogos.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="597376" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]