Na berlinda: Coritiba barra entrevistas até decisão com a Chape

Francielly Azevedo


Com o risco iminente de rebaixamento, a ordem no Coritiba é boca fechada até o jogo com a Chapecoense, no próximo domingo (3), às 17h (horário de Brasília), na Arena Condá. A diretoria do clube decidiu que os treinamentos desta semana serão fechado e os jogadores não concederão entrevistas.

As coletivas de imprensa geralmente ocorrem duas vezes por semana. No início da semana, a conversa com os jornalistas até estava prevista na programação do time, mas foi cancelada. De acordo com o comunicado repassado aos veículos de comunicação, a ideia é manter o foco apenas na decisão.

De acordo com o site Chance de Gol do UOL, a probabilidade de rebaixamento do alviverde aumentou para 25,5%. O Coxa ocupa a 16ª posição, com 43 pontos, e necessita da vitória para não depender de nenhum outro resultado.

Equipe

O elenco voltou aos treinamentos nesta terça-feira (28), após a derrota por 2 a 1, de virada, para o São Paulo. Para o duelo do próximo fim de semana, o técnico Marcelo Oliveira poderá contar com os retornos do atacante Kleber e do lateral Léo. Em contrapartida, não terá o zagueiro Werley e o meia Yan Sasse, ambos cumprem suspensão pelo acúmulo de cartões. O jogador Alan Santos é dúvida após sentir dores musculares.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.