Juan, zagueiro do Flamengo, muda a rotina de crianças em hospital

Francielly Azevedo


O zagueiro do Flamengo, Juan, esteve em Curitiba na última semana e aproveitou pata visitar as crianças em tratamento no Hospital Pequeno Príncipe. O atleta conheceu algumas enfermarias, circulou por corredores e conversou com as crianças, familiares e colaboradores. Apoiador da instituição desde 2015, o jogador estava acompanhado da esposa, Monick Moraes dos Santos.

Em sua primeira visita ao Pequeno Príncipe, Juan, que contribui com os trabalhos de assistência e pesquisa  por meio de renúncia fiscal, conheceu as instalações do Pequeno Príncipe e ficou bastante contente com o que viu. “Eu já apoiava o Hospital, mas vir visitar faz toda a diferença. Quando você tem esse envolvimento humano, de você ir no local e ver o que está sendo feito com o dinheiro que está doando, faz toda diferença”, ressalta o atleta que por dezenas de vezes vestiu a camisa da seleção brasileira.

A satisfação foi tanta que ele prometeu continuar apoiando o trabalho do Pequeno Príncipe. “Já doava de coração e vou continuar fazendo isso, porque eu estou vendo a repercussão que isso tem. E a ajuda, do meu mínimo esforço, pode fazer a diferença para essas crianças”, afirma Juan.

Ele e Monick são pais de dois meninos que, quando nasceram, precisaram de atendimento hospitalar por serem prematuros. “Passamos também algumas situações em família relacionadas à saúde e sabemos o quanto é importante receber carinho, receber amor e apoio nestes momentos. Senti uma emoção muito grande de ver de perto a quantidade de pessoas envolvidas, de grandes corações envolvidos no propósito da cura destas crianças”.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.