Nos pênaltis, Athletico vence o Coritiba e é campeão da Taça Dirceu Kruger

Redação

Após um empate em 1 a 1, o Athletico venceu o Coritiba nos pênaltis nesta quarta-feira (10). Os times se enfrentaram na final do returno do Paranaense, na Arena da Baixada. Com um público total de 15.979 pessoas, a renda do jogo foi de R$ 497.290.

O Athletico venceu por 8 a 2 o Toledo, campeão do primeiro turno, e se classificou com uma rodada de antecedência. Venceu o Rio Branco-PR por 3 a 0 na semifinal. Já o Coritiba conseguiu a classificação apenas após vencer o Paraná por 1 a 0. Em jogo de recuperação contra o Londrina, venceu por 2 a 1.

Athletico e Coritiba entraram em campo com os artilheiros do Paranaense – Rodrigão, com sete gols, e Bergson, com seis gols.

O primeiro tempo começou equilibrado. Aos 26 minutos, o atacante Rodrigão, do Coritiba, chegou perto da área e chutou para o gol. O goleiro Leo fez a defesa. Poucos minutos depois, Paulo André lançou para a área, Bergson finalizou, mas Alan Costa evitou o gol.


No final do primeiro tempo, o juiz Paulo Roberto Alves Júnior sentiu dores musculares e foi substituído por Nilo Neves de Souza.

O segundo tempo começou com um susto no primeiro minuto. Rodrigão passou para Patrick Brey, que chutou, mas a bola balançou a rede por fora. O Athletico voltou com mais lances perigosos. Aos cinco minutos Bergson, chega perto, mas Alan Costa evita o gol, e aos 15 minutos Bergson, de novo, bateu com força, mas a bola passou perto do gol.

O primeiro gol veio aos 27 do segundo tempo. Welinton Júnior recebeu, driblou a marcação e chutou. A bola bateu na trave e entrou. É o primeiro gol de Welinton com a camisa do time. O Athletico reagiu aos 43 minutos: Marquinho recebeu dentro da área e chutou para o gol, empatando o jogo.

O jogo seguiu até os 51 minutos. Muralha defendeu o segundo chute do Coritiba, de Léo Cittadini. Elyeser perdeu o próximo com um chute para fora. Na oitava cobrança, Léo defendeu o pênalti cobrado por Romércio, fechando o placar em 7 a a 6. Com o resultado, o Athletico é campeão da Taça Dirceu Krüger, returno do Paranaense.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook