Jogadores do ABC estão em greve e podem dar W.O. contra o Londrina

Francielly Azevedo


Os jogadores do ABC FC estão em greve desde a última segunda-feira (23) e podem não entrar em campo contra o Londrina, no próximo sábado (28), pela 32ª rodada da Série B. Os atletas reclamam de salários atrasados, alguns deles não recebem há três meses. Uma nova assembleia deve ser realizada nesta quinta-feira (26).

Em entrevista coletiva, o presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado do Rio Grande do Norte (Safern), Felipe Augusto Leite, comunicou que deu 48 horas para que o clube quite a dívida ou apresente uma solução. Caso isso não aconteça, os jogadores não entrarão mais em campo pela Série B e devem rescindir contrato judicialmente.

De acordo com o presidente do Safern, a maioria dos jogadores não recebe salários desde julho, outros desde junho. Além disso, o clube também não pagou auxílio-moradia, previdência social, direito de imagem, além de premiações da Copa do Brasil e Campeonato Potiguar.

“É uma decisão muito difícil, pela primeira vez tomada no Brasil, com relação à entrada de uma categoria de jogadores em absoluto estado de greve. A medida visa fazer, rigorosamente, que o clube resolva essa questão financeira, que está insuportável”, declarou Felipe.

Na tarde desta quarta-feira (25), a diretoria do ABC enviou uma notificação informando que os atletas estão infringindo a CLT e dando motivos para demissão por justa causa.

Procurado pela reportagem do Paraná Portal, o presidente do ABC, Judas Tadeu, afirmou que os jogadores treinarão hoje a tarde.

Situação na tabela

O ABC é o lanterna da Série B, com 25 pontos e 99% de chance de rebaixamento, segundo o site Infobola. Vem de uma recuperação, com duas vitórias e um empate. Já o Londrina, é o sétimo colocado, com 46 pontos.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.