Tite adia convocação da seleção após lesão de Neymar

Francielly Azevedo


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

O técnico Tite adiou para o dia 12 de março a convocação dos jogadores que defenderão a seleção brasileira nos amistosos contra Rússia e Alemanha, marcados para os dias 23 e 27 de março. Ele faria o anúncio nesta sexta-feira (2).

A decisão foi tomada após a divulgação de que Neymar terá de passar por uma cirurgia para colocar um pino no quinto metatarso do pé direito. O atacante teria tomado a decisão por contra própria na noite de segunda-feira (26).

Se operar, Neymar só voltará a jogar futebol em maio. A Copa do Mundo terá início no dia 14 de junho.

Nesta terça (27), em entrevista coletiva, o treinador do Paris Saint-Germain, Unai Emery, declarou que a informação sobre a cirurgia é falsa. A decisão de Neymar foi veiculada inicialmente pelo Globoesporte e confirmada pela reportagem.

A CBF confirmou o adiamento em nota publicada em seu site, mas não citou Neymar nominalmente. A entidade diz que Tite resolveu observar a situação clínica de ao menos cinco atletas antes de fazer a convocação.

Os amistosos serão as últimas partidas antes da convocação final para o Mundial da Rússia, que será apresentada em maio.

“Temos uma situação diferente de outras convocações. São pelo menos cinco jogadores que necessitam de uma observação médica e física mais elaborada para que possamos convocar embasados e com as informações necessárias”, disse o coordenador de seleções, Edu Gaspar.

“Transferindo a data iremos ganhar de dois a três jogos de cada atleta observado para nossa avaliação. Como sempre, buscaremos o máximo de informações possíveis para uma convocação sem grandes problemas”, acrescentou Gaspar.

Neymar não é a única preocupação de Tite para os amistosos. O lateral Marcelo sofreu na última semana uma lesão muscular na coxa e está sob observação. No final de semana, o volante Fernandinho deixou um jogo do Manchester City com dores na coxa.

A partida entre City e Arsenal, no domingo (25), também marcou o retorno do atacante Gabriel Jesus aos gramados depois de ficar quase dois meses lesionado. Ele atuou por cerca de 15 minutos no duelo.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="483620" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]