Espanha vence e conta com tropeço da Itália para se garantir na Copa

Roger Pereira


Se ontem foi a fez da atual campeã mundial, a Alemanha, carimbar o passaporte para a Rússia, para a Copa do Mundo do ano que vem, nesta sexta-feira, a campeã de 2010, Espanha, também se garantiu no mundial. Jogando em casa, em Alicante, os espanhóis não tiveram dificuldades para vencer a Albânia por 3 a 0 e contaram com o inesperado tropeço da Itália diante da Macedônia (empate em 1 a 1 em casa) para garantir a vaga antecipada. É a 11ª seleção garantida na Copa.

Disposta a liquidar logo a fatura a Espanha fez seus três gols no primeiro tempo, com Rodrigo, Isco e Thiago Alcântara. Depois, só administrou o resultado e ficou de olho no que acontecia na Itália. Com a vitória, a Fúria chegou a 25 pontos, viu a Itália ficar com 20 e comemorou a classificação.

Jogando em casa, a Itália precisava vencer a Macedônia para levar a decisão para a última rodada. Até chegou a abrir o placar, com gol de Chiellini, aos 39 minutos do primeiro tempo. Mas foi surpreendida na etapa final, com o gol de empate de Trajkovski e terá que disputar a repescagem para buscar uma vaga no mundial.

Islândia quase lá

Em um dos grupos mais equilibrados das eliminatórias, em que quatro seleções chegaram a esta última rodada com chances de classificação para a Copa, a Islândia, sensação da última Eurocopa, deu um passo gigantesco para se garantir no mundial. Em um confronto direto, não tomou conhecimento da Turquia e, mesmo fora de casa, eliminou os rivais com um incontestável 3 a 0 e chegou aos 19 pontos. De quebra, o pessoal da ilha gelada ainda contou com a ajuda da já eliminada Finlândia que arrancou um empate em 1 a 1 com a, até então, líder Croácia, que foi a 17 pontos, a mesma pontuação da Ucrânia, que bateu Kosovo por 2 a 0 fora de casa. Para se garantir na Copa, a Islândia precisa vencer Kosovo, que só marcou um ponto até agora, em casa. Já Ucrânia e Croácia fazem na última rodada um confronto direto, provavelmente, pela vaga na repescagem.

Embolou tudo

O grupo mais equilibrado, agora, é o D, em que a Sérvia visitou a já eliminada Áustria podendo garantir a classificação antecipada em caso de vitória. Perdeu (3 a 2) e viu os adversários encostarem. País de Gales, que venceu a Geórgia por 1 a 0, diminui para um ponto a diferença para o líder e, um ponto atrás, vem a Irlanda que fez 2 a 0 na Moldávia. Apesar do tropeço e da ameaça dos rivais, a Sérvia tem tudo para confirmar a classificação porque enfrenta, segunda-feira, na última rodada, a Geórgia, em casa, enquanto Gales e Irlanda se enfrentam.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="458981" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]