Paraná toma virada na Vila e Oeste encosta na briga pelo acesso

Roger Pereira


A sequência de 10 vitórias consecutivas do Paraná Clube em casa foi quebrada justamente no jogo mais importante da temporada, o confronto direto contra o quinto colocado, Oeste, na dsiputa pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Nervoso, o Paraná não conseguiu repetir as boas atuações na Vila Capanema e, mesmo saindo na frente, permitiu a virada da equipe paulista, que cola na classificação. Com o 2 a 1, o Oeste chega a 55 pontos, apenas um a menos que o Paraná.
O jogo começou truncado e pouca coisa aconteceu no primeiro tempo. O Paraná tinha o domínio da posse de bola, mas pouco criava. O Oeste limitava-se a se defender de qualquer maneira, às vezes, até, usando de jogadas ríspidas. O jogo estava tão travado que a primeira oportunidade de gol só surgiu aos 31 minutos, quando Renatinho arrematou, de meia-distância, para fora. O chute de Ricardinho, no entanto, deu a deixa para o ataque paranista: se não dava para chegar tocando bola, a alternativa era chutar de longe. E foi assim que, aos 47 minutos, Vinícius Kiss soltou uma bomba da intermediária, rasteirinha, no canto esquerdo de Rodolfo, para abrir o placar.
O jogo melhorou muito no segundo tempo. Com o placar adverso, o Oeste passou a atacar, tendo chances de fazer seu gol já aos 2 minutos, quando Maidana se atirou sobre a bola na finalização de Gabriel Vasconcelos para salvar o Tricolor. Com o Oeste saindo para o jogo, sobrou espaço para o Paraná, que chegou com perigo aos 8 minutos, quando Renatinho finalizou para fora, e aos, 9, quando Rodolfo defendeu chute de Alemão após grande jogada do atacante paranista.
O jogo aberto, no entanto, favoreceu a velocidade e o toque de bola rápidos do Oeste, que chegou ao empate aos 21 minutos, quando Daniel Borges levantou na área e Gabriel Vasconcelos entrou por trás da marcação, livre, para dominar e tocar na saída de Richard.
O gol animou o time paulista, que só não virou logo em seguida porque Richard brilhou. O goleiro paranista fez grande defesa em chute de Henrique, que entrou livre na área após tabelar com Gabriel Vasconcelos. Aos 32 minutos, Richard salvou de novo. Num contra-ataque muito bem trabalhado pelo Oeste, Mazinho chegou frente a frente com o goleiro paranista, que espalmou para escanteio.
O Paraná conseguiu reequilibrar o jogo, mas, quando estava melhor, tomou mais um contra-ataque mortal. Aos 40 minutos, o Tricolor tinha um escanteio pela esquerda. A zaga paulista cortou e iniciou a jogada perfeita. Tocando a bola e avançando o Oeste chegou à área do Paraná e Gabriel Vasconcelos virou o placar.
Aos 47 o Paraná ainda teve a chance de empatar com Giovanni, mas Rodolfo fez grande defesa.
Além de ver o Oeste encostar perigosamente, o Paraná pode perder contado com os líderes Internacional, Ceará e América-MG, que ainda jogam na rodada, e pode ver o Vila Nova voltar a se aproximar. O time goiano está cinco pontos atrás do Tricolor e joga sexta-feira, fora de casa, contra o Paysandu, podendo diminuir para dois a diferença.
Nas cinco rodadas finais da Série B, o Paraná encara o Brasil-RS fora de casa, o Luverdense em casa, Santa Cruz e CRB fora e Boa Esporte em Curitiba.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal