Atlético encara Cruzeiro para tentar se manter na briga

Roger Pereira


Um Atlético que não perde há três jogos e vem tentando entrar na briga por uma vaga na Libertadores diante de um Cruzeiro que não vence há três jogos e, campeão da Copa do Brasil, demonstra um certo desinteresse pelo Campeonato Brasileiro, pensando já na próxima temporada. A partida da tarde deste domingo, no Mineirão opõe duas equipes com interesses diferentes nesta reta final de Brasileirão, mas pode ser uma armadilha para o Furacão, que se espelha no Palmeiras, que empatou com o Cruzeiro na última rodada para não cair no erro de acreditar que a equipe mineira não levará a partida a sério.
Sem poder contar com dois de seus principais jogadores na temporada, Thiago Heleno (machucado) e Nikão (suspenso), o técnico Fabiano Soares tem algumas dúvidas para escalar o time. Felipe Gedoz também foi vetado pelo departamento médico e não viajou para Belo Horizonte. Paulo André, que está recuperado de lesão, e Douglas Coutinho devem ganar as vagas no time titular.
No Cruzeiro, apesar da série ruim de três jogos com apenas um ponto marcado, não há pressão por resultados, uma vez que a equipe não tem mais chances de título e já está garantida na Libertadores por ter conquistado a Copa do Brasil. O maior objetivo do cube, no momento, é afastar a polêmica da “mala branca”, após a insinuação de que a equipe teria recebido incentivo do Corinthians para tirar pontos do Palmeiras na última rodada.
Para o jogo, o técnico Mano Menezes tem apenas um desfalque: o volante Lucas Romero, suspenso. Lucas Silva deve substituí-lo

CRUZEIRO X ATLÉTICO-PR
5 de novembro de 2107, domingo, 17h
Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Manoel, Digão e Diogo Barbosa; Henrique e Lucas Silva; Rafinha, Thiago Neves e Arrascaeta; Rafael Marques
Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Paulo André e Fabrício; Esteban Pavez, Lucho González e Guilherme; Felipe Gedoz, Douglas Coutinho (Sidcley) e Ribamar

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal