Atlético perde para o Cruzeiro e cai na tabela

Roger Pereira


Abusando do direito de perder gols, o Atlético acabou derrotado por 1 a 0 pelo Cruzeiro, no Mineirão e já aparece na metade inferior da tabela, mais próximos dos times que brigam contra o rebaixamento do que dos que disputam uma vaga na Libertadores. Foram pelo menos três oportunidades claras desperdiçadas por Ribamar antes de o Cruzeiro fazer seu gol, aos 40 minutos do primeiro tempo, com Arrascaeta. Depois do gol mineiro, o Furacão seguiu pressionando, teve bola na trave, mas não conseguiu nem o empate.
Enfrentando um Cruzeiro desinteressado no Campeonato Brasileiro (já tem vaga garantida na Libertadores por ter conquistado a Copa do Brasil), o Atlético até deu a bola para o adversário, tentando surpreender nos contra-ataques. Mesmo assim, foram do Furacão as melhores chances do primeiro tempo, principalmente com Ribamar, que falhou na pontaria. Quando chegou ao ataque, no entanto, o Cruzeiro foi mortal. Aos 40 minutos, numa chegada rápida, Arrascaeta recebeu, se livrou da marcação e bateu colocado, sem chances para Weverton. Ainda no primeiro tempo, Ribamar teve mais uma chance e, de bicicleta, obrigou Fábio a fazer grande defesa.
No segundo tempo, o Atlético aumentou a pressão, colocou mais atacantes em campo, mas não chegou ao gol de empate. A melhor chance veio aos 24 minutos, quando Guilherme quase marcou um gol olímpico, acertando o travessão. Lucho Gonzales pegou o rebote, mas mandou para fora. Nos minutos finais, a bola não saiu da área do Cruzeiro, mas nenhum lance levou perigo claro ao gol de Fábio.
Com a derrota o Furacão cai para a 11ª posição do Campeonato, com 42 pontos, a cinco do G7 e a sete da zona de rebaixamento. O próximo jogo do Furacão é quarta-feira, na Baixada, contra o líder Corinthians.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal