Campeã paraolímpica se interna para passar por processo de eutanásia

Francielly Azevedo


A ex-atleta Marieke Vervoort se internou no Hospital Universitário de Bruxelas para passar pelo procedimento de eutanásia, assinado ainda em 2008. A belga foi campeã paraolímpica de atletismo nos jogos de Londres em 2012 e medalhista no jogos do Rio de Janeiro em 2016.

Em entrevista ao jornal britânico The Telegraph, a ex-atleta disse que as fortes dores que sente são o motivo da decisão, pois não aguenta mais sofrer. Foi em 2009 que atleta passou a manifestar o desejo de fazer o processo de morte assistida. Ainda não há data para ela receber a injeção letal.

Vervoort sofre, desde os 14 anos, de tetraplagia progressível incurável. As dores nas pernas fazem com que ela precise usar altas doses de medicamentos. Além disso, a belga perdeu parte da visão.

 

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.