“Temos que melhorar a intensidade ofensiva”, avalia Fabiano Soares

Francielly Azevedo


Com assessoria

O ataque do Atlético-PR não tem sido muito efetivo neste Campeonato Brasileiro. Antes de viajar para o Rio de Janeiro, onde encara o Botafogo, o técnico Fabiano Soares disse, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (10), que o rubro-negro precisa “melhorar a intensidade ofensiva”. O duelo com os cariocas é neste sábado (11), às 17h (horário de Brasília), no Engenhão, pela 34ª rodada do Brasileirão.

“Nossa queda de rendimento é em relação aos resultados. Acho que a equipe vem jogando bem. Os adversários estão criando pouco e fazendo pontos. Temos que melhorar na intensidade ofensiva para melhorar os resultados”, avaliou.

O Furacão não vence há três jogos e começou a cair na tabela. Agora ocupa a 13ª posição, com 43 pontos. Sete pontos a mais que o primeiro time na zona de rebaixamento. O treinador revelou a preocupação com a queda e a aproximação da ZR. “Enquanto não tiver os pontos necessários, preocupa para baixo e para cima”, ressaltou.

Além disso, Soares também comentou sobre a possível formação da equipe diante do Botafogo. O comandante fez mistério sobre a equipe titular, justificando que precisa de liberação do departamento médico.

“Dependerá de uma conversa com o Departamento Médico. Hoje (sexta-feira), ainda há atletas em recuperação e amanhã (sábado) decidirei o melhor possível. Com tantos jogos, é difícil manter a mesma escalação. A vida de treinador é solucionar os problemas que vão aparecendo”, explicou.

O adversário é o quinto colocado na tabela, com 51 pontos. Nos últimos cinco jogos, o Botafogo somou duas vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.