Abidal chora e pede perdão à mulher após traição com Kheira Hamraoui

Redação

abidal, éric abidal, traição, esposa, polícia, psg, paris, kheira hamraoui

O ex-jogador do Barcelona Éric Abidal publicou uma foto chorando e escreveu um texto pedindo perdão à esposa após confirmar a traição com a jogadora do PSG Kheira Hamraoui.

Hayet Abidal, até então esposa do ex-jogador, pediu o divórcio após descobrir o relacionamento extraconjugal. Juntos, Hayet e Éric tiveram três filhos.

“Seja qual for sua decisão, você continuará aos meus olhos a mulher da minha vida e, especialmente, a mãe de nossos filhos maravilhosos. Eu mereço essa humilhação, mesmo que ela me mate vivo. Um dia você vai me perdoar”, escreveu.

O relacionamento entre Éric Abidal e Kheira Hamraoui foi descoberto durante um caso policial com enredo cinematográfico.

A jogadora do PSG foi agredida por homens encapuzados após um jantar promovido pela equipe da capital francesa. O carro em que ela estava foi interceptado, e Hamraoui foi agredida com barras de ferro.

A polícia parasiense prendeu a jogadora Aminata Diallo, suspeita de envolvimento nas agressões. Embora ambas defendessem o PSG e a seleção da França, havia uma rivalidade pela titularidade.

Kheira Hamraoui foi levada a um hospital e levou pontos nos braços e nas pernas. Ela desfalcou o PSG e a seleção francesa, sendo substituída pela compatriota Diallo.

kheira hamraoui, caso kheira, caso hamraoui, psg, traição, eric abidal, paris
Caso complexo de agressão revelou traição de Abidal com Kheira Hamraoui (Reprodução/Instagram)

+ LEIA: Cristiano Ronaldo decide mais uma vez e Manchester United avança na Champions

CASO HAMRAOUI: INVESTIGAÇÕES LEVAM À ABIDAL

No dia das agressões, Diallo deu carona a Hamraoui. Elas saíram juntas do jantar e, minutos depois, o carro foi interceptado. Mas só uma delas foi espancada pelos encapuzados.

Durante as investigações, a polícia de Paris apreendeu o celular de Kheira Hamraoui e descobriu que o chip do telefone estava registrado em nome de Éric Abidal.

O ex-jogador do Barcelona e a então esposa, Hayet Abidal, passaram à condição de investigados. Foi nesse contexto que Éric confessou à esposa o relacionamento extraconjugal entre 2018 e 2020.

Aminata Diallo foi solta um dia depois de ser detida. Em nota, o PSG informou que prestará apoio a todas as atletas envolvidas e que confia na Justiça para a resolução do caso.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="805491" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]