Adilson Batista é demitido do Ceará após derrota para o Flamengo

Vinicius Cordeiro

adilson batista ceará flamengo

Adilson Batista não é mais o técnico do Ceará. O treinador paranaense de 51 anos foi demitido após a goleada de 4 a 1 sofrida para o Flamengo, campeão do Campeonato Brasileiro.

“A diretoria alvinegra agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso em sua trajetória”, disse a nota oficial do clube.

Além de Adilson, os auxiliares Cyro Garcia e Milton do Ó também se despedem da equipe.

A demissão surpreende ainda mais porque faltam apenas três rodadas para o torneio nacional acabar.

CEARÁ E A LUTA CONTRA O REBAIXAMENTO

Adilson foi contratado no dia 2 de outubro, ou seja, ficou no cargo do Vôzão por quase dois meses. Ele sucedeu Enderson Moreira, com a equipe em uma série de sete jogos sem vitória.

O treinador pegou o time como 15º colocado, com 23 pontos. Hoje, o Ceará aparece na 16ª posição, com 37 pontos.

Se o Cruzeiro derrotar o CSA nesta quinta-feira (28), no Mineirão, o time cearense volta a entrar na zona de rebaixamento.

Os últimos três adversários do Ceará no Brasileirão são: Athletico Paranaense e Corinthians, dentro do Castelão, e Botafogo, no Rio de Janeiro.

Previous ArticleNext Article