Alberto Valentim comemora vitória do Athletico sobre o Cuiabá: Imprescindível

O técnico Alberto Valentim comemorou a vitória que praticamente garantiu a permanência do Athletico na Série A do Campeo..

Pedro Melo - 04 de dezembro de 2021, 10:30

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Alberto Valentim comemorou a vitória que praticamente garantiu a permanência do Athletico na Série A do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro ganhou o confronto direto com o Cuiabá por 1 a 0 e abriu cinco pontos de vantagem para o Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

"Era muito importante essa vitória. Imprescindível. A gente precisava muito vencer esse jogo e abrir uma margem maior para os times de baixo. Mas matematicamente ainda precisamos fazer alguns pontos. Estamos felizes, vai dar mais tranquilidade aos jogadores, mas temos que esperar definir a rodada para ver o que vamos precisar no próximo jogo", afirmou o treinador, em entrevista coletiva.

Já o volante Erick destacou a tranquilidade do Athletico para superar a retranca do Cuiabá. "Esse tipo de jogo demonstra o quão forte mentalmente temos que ser até o final da temporada. O Cuiabá é um time que se fecha muito bem. O gol demorou a sair e mentalmente a gente teve que se manter forte. Não podia se desesperar. Após uma mudança tática a gente conseguiu fazer o gol e depois administrar", disse.

FORÇA DA TORCIDA DO ATHLETICO

O Athletico teve o melhor público desde o retorno da torcida à Arena da Baixada na pandemia da Covid-19. Na vitória sobre o Cuiabá, 18.795 pessoas, sendo 17.523 pagantes, estiveram nas arquibancadas. O público supera os 15.193 do empate em 2 a 2 com o Flamengo, na semifinal da Copa do Brasil.

"Eu sempre falei que o Athletico é muito mais forte junto com o torcedor. A Arena é o estádio onde a primeira cadeira é mais próxima à linha lateral. É o estádio que mais vira um Caldeirão em todo o Brasil. Eu estava esperando por esse momento e os jogadores também. O time se sente mais forte com a presença do torcedor", exaltou Alberto Valentim.