Morre Alejandro Sabella, técnico que levou a Argentina à final da Copa 2014

Redação

morre alejandro sabella argentina seleção copa 2014 técnico

Alejandro Sabella, ex-técnico de futebol, morreu aos 66 anos nesta terça-feira (8). Foi ele quem comandou a seleção da Argentina até a final da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil. Seis anos atrás os hermanos perderam o título, disputado no Maracanã, para a Alemanha. Além disso, a morte de Sabella acontece menos de duas semanas após a morte de Diego Maradona.

Sabella morreu por problemas no coração. Ele sofria de uma doença cardíaca desde 2015 e o estado dele piorou com a morte de Maradona, chegando a ser internado no dia 26 de novembro. Conforme a imprensa argentina divulga, ele sofreu uma infecção hospitalar e não resistiu.

Além de ter sido o técnico da seleção da Argentina, Sabella também se consagrou como treinador de clubes. Em 2009, por exemplo, foi campeão da Libertadores pelo Estudiantes na final contra o Cruzeiro. Naquele ano, o time de La Plata ainda deu trabalho para o Barcelona na final do Mundial de Clubes. O Barça, comandado por Pep Guardiola e Lionel Messi, perdeu o jogo por 1 a 0 até o final do jogo, mas conseguiu o empate aos 44 minutos e virou o placar na prorrogação.

Por conta dos problemas cardíacos, o último trabalho de Sabella foi como técnico da seleção argentina.

ALEJANDRO SABELLA TEVE PASSAGENS POR GRÊMIO E CORINTHIANS

Sabella em ação no Brasil. (Divulgação/Grêmio)

Alejandro Sabella nasceu em Buenos Aires no ano de 1954. Ele se dedicou ao futebol depois de ter iniciado o curso de Direito e estreou pelo River Plate em 1974.

Ele jogava como meio campista e em seu segundo ano de clube, ajudou a encerrar o jejum de 18 anos do River. Depois, transferiu-se para a Inglaterra, onde defendeu o Sheffield United e o Leeds, ambos clubes que disputam a Premier League. Voltou à América do Sul em 1982 para defender o Estudiantes, antes de ir para o Grêmio.

Ele jogou no Brasil entre 1985 e 1986, foi bicampeão gaúcho e totalizou 60 jogos, com direito a cinco gols. Além disso, Alejandro Sabella voltou ao futebol brasileiro em 2005, quanto atuou como auxiliar-técnico de Daniel Passarella, treinador do Corinthians naquele ano.

HOMENAGENS

Diversos clubes, jogadores e ex-atletas prestam suas homenagens ao ex-técnico. Confira alguma delas:

Previous ArticleNext Article