Após 2 meses internado, última vítima de incêndio no Ninho deixa hospital

Folhapress

O tratamento é longo e ainda não terminou. Jhonatha Ventura, no entanto, teve uma boa notícia neste sábado (13) ao receber alta. O zagueiro de 15 anos era a última vítima do incêndio que vitimou dez jovens atletas no Ninho do Urubu. Dos que sobreviveram, ele é quem tinha o quadro mais grave.

Isso porque ele teve 35% do corpo queimado. Tanto que ele deixou o Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, e deu entrada no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, já que o segundo é especializado em queimaduras graves.

Ao sair do hospital, Jhonatha entrou rapidamente no carro para evitar contato com a luz solar. Ele, no entanto, mandou uma rápida mensagem para a torcida. “Estou de volta, Nação. Obrigado pelo carinho”.

O jogador vai ficar hospedado em um hotel disponibilizado pelo clube e seguirá o tratamento das queimaduras. Ele não está inteiramente recuperado. Ainda com uma pancreatite, terá que seguir uma rígida restrição alimentar.


Embora o zagueiro ainda não esteja apto a retomar sua rotina, a família e os médicos acreditam que a saída do hospital poderá ajudar a diminuir sua ansiedade e acelerar a recuperação.

RELEMBRE

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook