Árbitro de Brasil e Argentina se defende dos lances polêmicos e diz: “VAR não me chamou”

Vinicius Cordeiro

var árbitro

Roddy Zambrano acabou se tornando um dos grandes personagens da Copa América 2019. Em entrevista à rádio Super K-800, do Equador, o árbitro da semifinal que o Brasil venceu a Argentina por 2 a 0, falou sobre os dois lances polêmicos. Os argentinos ficaram na bronca por ele não ter dado dois supostos pênaltis que mudariam o rumo do jogo.

O primeiro lance discutível possível pênalti de Daniel Alves sobre Aguero. No entanto, Zambrano disse não ter dúvidas. “Na primeira jogada é claro que Aguero pisa (no pé do brasileiro). É quase uma falta temerária ao defensor. Por que eles não veem a câmera traseira?”, questionou o árbitro.

Já a segunda jogada é a mais polêmica, quando Arthur derrubou Otamendi dentro da grande área. “Eu não vi [a falta], vi o jogador caído. O VAR revisou e determinou que era 50/50 e não me chamou para vê-lo. Não consideraram que era uma jogada que foi para um pênalti claro. Com o jornal de segunda-feira, eu digo que poderiam ter me chamado”, completou.

MESSI

Mesmo ficando com o terceiro lugar, Lionel Messi declarou que a Conmebol é corrupta e que o torneio estaria armado para o Brasil. Além de ter sido expulso, o camisa 10 também ficou na bronca por dois lances no clássico contra o Brasil, assim como seus companheiros.

Sobre as fortes declarações do maior jogador argentino, Zambrano disse que ficou surpreendido. “Ele se dedica a jogar e eu nunca tive problemas com ele. A verdade é que as declarações após o jogo me surpreenderam, mas cada um tem sua opinião”, finalizou o árbitro.

Previous ArticleNext Article