Árbitro relata ‘cusparada’ e Atlético-PR pode ser denunciado ao STJD

Fernando Garcel


O goleiro do Santos, Vanderlei, ex-Coritiba, sofreu com ‘cusparadas’ de torcedores do Atlético-PR durante a partida que aconteceu neste sábado (18) e que terminou com a vitória do Furacão nos minutos finais.

O caso aconteceu após uma dividida do goleiro com o atacante André Lima, dentro da área. A torcida pediu pênalti, mas o árbitro mandou seguir o jogo. Ao buscar a bola para cobrar o tiro de meta, Vanderlei recebeu ‘cusparadas’ e questionou a atitude dos torcedores.

Na súmula da partida, o árbitro gaúcho Anderson Daronco relatou o ocorrido, mas afirmou que não viu o lance. “Relato que aos 5 minutos do 2º tempo, fui informado pelo goleiro do Santos, Sr.Vanderlei Farias da Silva, que um torcedor do Atlético Paranaense, localizado atrás da meta defendida pelo Sr.Vanderlei, estava cuspindo no mesmo, quando a bola estava fora do jogo e o senhor Vanderlei foi buscar a bola para repor em jogo. Informo que tal fato não foi presenciado pela equipe de arbitragem”, diz o texto.

Mesmo não sendo presenciado pela arbitragem, as câmeras do estádio flagraram a cena e podem servir de material contra o Furacão. Veja:

 

Caso semelhante

No ano passado, o técnico Tite foi alvo de ‘cusparadas’ de torcedores do Atlético-MG durante uma partida entre o Galo e o Corinthians. A ação dos torcedores do time mineiro foi relatada na súmula do árbitro Heber Roberto Lopes e o time foi denunciado ao STJD.

Com base no artigo 63 do Regulamento Geral das Competições, em que afirma que os clubes, mandantes ou visitantes, são responsáveis pela conduta imprópria de seus torcedores, a última instância do tribunal condenou o Galo a uma multa de R$ 20 mil.

Previous ArticleNext Article