Argentina vence Paraguai e garante vaga nas quartas da Copa América

Jorge de Sousa

Argentina vence Paraguai e garante vaga nas quartas da Copa América

A Argentina venceu o Paraguai por 1 a 0 na noite desta segunda-feira (21) e confirmou a classificação para as quartas de final da Copa América 2021.

Papu Gómez marcou o gol da vitória da Argentina em um Mané Garrincha vazio, devido a pandemia da Covid-19.

Após três partidas, a Argentina tem a liderança isolada do Grupo A com sete pontos. Na sequência aparece o Chile (cinco pontos), Paraguai (três pontos), Uruguai (um ponto) e Bolívia (ainda sem pontuar).

Na quarta rodada da Copa América, a Argentina irá receber folga, enquanto o Paraguai duela com o Chile, novamente no Mané Garrincha, nesta quinta-feira (24), às 21h.

ARGENTINA ‘APAGA’ NO SEGUNDO TEMPO, MAS SEGURA VITÓRIA

Assim como em todos jogos dessa Copa América, a Argentina foi para cima do adversário logo nos minutos iniciais. Aos seis minutos, Agüero aproveitou desatenção de Piris da Motta, girou sobre a marcação, mas finalizou por cima da meta.

Só que aos nove minutos, a Argentina não perdeu a chance para abrir o placar. Di María dominou na entrada da área e passou a bola entre o miolo da zaga do Paraguai, encontrando Papu Gómez na área. O meia tocou por cobertura na saída de Antony Silva.

Nova chance da Argentina aos 16 minutos. Messi cobrou falta da entrada da área, mirou o canto direito e errou por pouco a trave guardada pelo goleiro.

O Paraguai levou perigo pela primeira vez aos 18 minutos. A zaga da Argentina errou o corte e Ángel Romero aproveitou a sobra, finalizando na pequena área duas vezes na marcação adversária.

Antony Silva salvou o Paraguai aos 40 minutos. Messi cobrou falta lateral na pequena área e Pezzella testou firme, mas Silva fez a defesa sem dar rebote.

O VAR anulou um gol da Argentina aos 45 minutos. Di María cruzou da esquerda, Junior Alonso tentou fazer o corte e empurrou contras as próprias redes. Mas a arbitragem de vídeo assinalou impedimento de Agüero na disputa com Alonso e invalidou a jogada.

Diferente do movimentado primeiro tempo, a Argentina apresentou dificuldades para atacar e o Paraguai esbarrou na qualidade dos jogadores ofensivos para traduzir a maior posse de bola (58% a 42%) em chances de gol.

Tanto que mesmo com ritmo menor, foram da Argentina as oportunidades mais claras de gol na segunda etapa. A principal delas saiu aos 42 minutos, quando Ángel Correa fez bela jogada pela esquerda e cruzou na medida para Joaquín Correa, mas Arzamendia foi ágil para cortar de cabeça.

LEIA MAIS: Copa América tem 140 casos de Covid-19, diz Conmebol

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="771325" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]