Arsenal vence Liverpool e conquista Supercopa da Inglaterra após três anos

Jorge de Sousa

Arsenal vence Liverpool e conquista Supercopa da Inglaterra após três anos

O Arsenal venceu o Liverpool por 5 a 4 nas penalidades – após empate em 1 a 1 no tempo normal, para conquistar a Supercopa da Inglaterra após três anos.

Aubameyang abriu o placar na primeira etapa e Minamino empatou no segundo tempo. Já nas penalidades, Brewster foi o único a errar, acertando o travessão.

O duelo foi realizado em Wembley, em Londres, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A partida contou com quatro brasileiros: David Luiz pelo Arsenal e Alisson, Fabinho e Roberto Firmino pelo Liverpool.

Esse foi o 16º título da história do Arsenal na Supercopa da Inglaterra, sendo que a equipe fica atrás apenas do Manchester United (21) em conquistas do torneio.

Já o Liverpool segue em jejum de 14 anos sem títulos da Supercopa da Inglaterra, perdendo pelo segundo ano esse troféu nas disputas de pênaltis.

As duas equipes estreiam na Premier League no dia 12 de setembro (sábado). O Arsenal duela com o recém-promovido Fulham em Londres, enquanto o Liverpool faz o duelo de campeões contra o Leeds United em Anfield Road.

ARSENAL BATE O LIVERPOOL COM PÊNALTI NO TRAVESSÃO

Minamino recebe de Salah e bate chapado para vencer Martínez e empatar a partida. (Reprodução/Twitter Liverpool)

O Liverpool começou melhor a partida e teve um gol anulado aos seis minutos. Robertson bateu falta da esquerda e Van Dijk escorou firme para as redes, mas a arbitragem assinalou impedimento do zagueiro.

Só que o Arsenal mostrou força nos contra-ataques e conseguiu abrir o placar aos 11 minutos. Saka avançou pela direita e inverteu para Aubameyang na esquerda. O atacante puxou para o centro e bateu firme no ângulo direito de Alisson.

Novo contra-ataque e quase o segundo do Arsenal aos 17 minutos. Saka encontrou Nketiah no meio da área e o atacante bateu firme no canto direito, mas Alisson se esticou para fazer grande defesa.

O Liverpool voltou a assustar em boa jogada pela esquerda. Mané lançou Robertson e o lateral cruzou rasteiro, mas a bola passou por toda a pequena área sem nenhuma conclusão.

A última chance do primeiro tempo foi do Arsenal aos 41 minutos. Aubameyang tocou para Tierney – que na entrada da área, finalizou firme, mas a bola desviou e saiu pela linha de fundo.

Roberto Firmino criou boa chance logo aos cinco minutos da segunda etapa. O brasileiro arrancou pelo centro e finalizou firme, mas à direita da meta de Martínez.

Robertson apareceu bem novamente aos dez minutos. O lateral deu belo lançamento para Mané, que ganhou na velocidade da marcação, mas finalizou em cima de Martínez.

Aos 27 minutos, o Liverpool buscou o empate. Minamino invadiu a área e tabelou com Salah, recebendo na frente de Martínez e batendo colocado para vencer o goleiro.

A dupla Mané e Robertson apareceu novamente aos 35 minutos. O lateral lançou o atacante na área, só que mais uma vez Martínez saiu bem do gol e abafou a finalização.

O Arsenal respondeu com a bola alta aos 40 minutos. Elneny recebeu na direita e cruzou na medida para Willock escorar perto do poste esquerdo.

A bola alta também apareceu para o Liverpool aos 45 minutos. Mané cruzou da esquerda e Robertson apareceu livre no segundo poste, mas cabeçou por cima da meta.

Nas penalidades, Salah bateu firme no canto direito, Fabinho mirou no esquerdo, Brewster carimbou o travessão, Minamino estufou no meio da meta e Jones rolou rasteiro no canto esquerdo pelo Liverpool.

Já pelo Arsenal, Nelson deslocou o goleiro e cutucou no canto esquerdo, Maitland-Niles bateu firme na direita, Cédric seguiu o companheiro e colocou na direita, David Luiz bateu no ângulo esquerdo e Aubameyang estufou no canto direito.

LEIA MAIS: Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 6ª rodada do Brasileiro

Previous ArticleNext Article