Atacante estreia na temporada com assistência e coloca Operário na briga pelo Paranaense

Giovani Albuquerque estreou pelo Operário na temporada na goleada contra o FC Cascavel por 4 a 0 e deu assistência para o gol que fechou o placar.

Redação - 04 de fevereiro de 2022, 14:35

(André Jonsson/Operário)
(André Jonsson/Operário)

Líder do Campeonato Paranaense, o Operário ganhou um reforço vindo do Departamento Médico para a sequência do estadual. Recuperado de lesão na panturrilha esquerda e também do Covid, Giovani Albuquerque estreou na temporada na goleada contra o FC Cascavel por 4 a 0 e deu assistência para o gol que fechou o placar.

Por conta da lesão e do Covid logo na sequência, o atacante perdeu a pré-temporada e o início do Paranaense. Ele ressalta a sensação de voltar a defender o Fantasma e exalta a importância de dar o passe para um dos gols, ganhando confiança para os próximos jogos.

"A sensação de começar a temporada com assistência é muito boa. Infelizmente, acabei perdendo toda a fase de preparação por conta de uma lesão e do covid. Então, voltar a jogar é muito bom, estava com saudades de sentir essa energia ao lado do nosso torcedor, que nos empurrou o jogo todo. É um momento importante para mim, porque me dá confiança e motivação para seguir trabalhando. Espero continuar contribuindo para a equipe no restante da temporada e que a gente consiga alcançar nossos objetivos", comentou Giovani.

Com nove pontos em quatro rodadas, o Operário lidera o estadual ao lado de Coritiba e Londrina. Para o atacante, o Fantasma tem elenco para chegar longe na competição e acredita que a equipe pode bater de frente com qualquer adversário.

"A expectativa para a sequência do estadual é a melhor possível. Sabemos que temos feito um bom início de trabalho, temos um grupo muito bom e que temos condições de bater de frente com qualquer equipe que enfrentarmos. Estamos trabalhando diariamente para isso e uma boa campanha será consequência daquilo que trabalharmos nos treinos e apresentarmos nos jogos", concluiu.