Atacante revelado pelo Athletico se destaca no Bolívar e mira a Libertadores

Francisco da Costa foi revelado pelo Athletico e hoje se destaca no Bolívar, com direito a dois gols no primeiro jogo da Libertadores

Pedro Melo - 15 de fevereiro de 2022, 11:00

(Reprodução/Twitter/Bolívar)
(Reprodução/Twitter/Bolívar)

Francisco da Costa foi revelado pelo Athletico, teve uma passagem pelo Operário, mas vive a melhor fase da carreira longe do futebol paranaense. Após terminar como um dos artilheiros do último Campeonato Paraguaio, com 10 gols e cinco assistências em 21 jogos, o brasileiro se transferiu para o Bolívar e já caiu nas graças da torcida.

Em apenas três partidas, Francisco da Costa marcou cinco gols pelo Bolívar e ainda deu três assistências. O principal jogo até agora foi a vitória por 3 a 2 sobre o Deportivo Lara, da Venezuela, quando marcou duas vezes no confronto que colocou o time boliviano em vantagem na primeira fase da Libertadores.

"Foi um começo bom na liga e na Libertadores. A gente já tinha mais a obrigação de estrear ganhando na liga, então, não surpreendeu o resultado. Já na Libertadores, queria levar a vantagem para casa, mas com um terreno mais duvidoso. Só que conseguimos nos superar e estou feliz com esse arranque. Comentei que era muito importante começar ganhando para gerar essa energia positiva", comentou o atacante, em entrevista exclusiva ao Paraná Portal.

No Bolívar, o artilheiro joga em uma equipe parceira do Grupo City, que também comanda o Manchester City, e tem a companhia de outros dois brasileiros: o atacante Bruno Sávio, ex-Guarani, e o técnico Antônio Carlos Zago, ex-Red Bull Bragantino. Para Francisco da Costa, o time boliviano tem condições de encarar qualquer time na Libertadores.

"Quando assinei com o Bolívar, eu fiquei entusiasmado com o projeto esportivo, de como queriam jogar e os objetivos que queriam para o campeonato. Queremos ser campeões no Boliviano, temos o objetivo mais curto de entrar na Libertadores, onde não somos favoritos, mas queremos chegar o mais longe possível. Queremos entrar na fase de grupos, porque sentimos que merecemos. Temos totais de condições de enfrentar qualquer time na América do Sul", declarou o brasileiro.

O Bolívar joga pelo empate contra o Deportivo Lara, na quarta-feira (16), às 19h15, em La Paz, para avançar à segunda fase da Libertadores. Se passar, o adversário será a Universidad Católica, do Equador. E antes de chegar à fase de grupos, ainda pode ter que encarar um clássico boliviano com o The Strongest.

REVELADO PELO ATHLETICO E PASSAGEM NO OPERÁRIO: FRANCISCO DA COSTA NO FUTEBOL PARANAENSE

Francisco da Costa foi revelado nas categorias de base do Athletico, mas nunca teve a oportunidade de jogar no time principal. Mesmo assim, o atacante guarda lembranças positivas da passagem pelo CT do Caju. "A passagem pelo Athletico sempre digo que foi uma transição muito forte profissionalmente na minha carreira, de entender que é um funcionamento de clube profissional e competir profissionalmente. Aprendi muito, tive tudo do bom e do melhor", destacou.

Em 2016, ele foi emprestado justamente pelo Athletico para o Operário, onde conquistou o título da Taça FPF, torneio que garantiu uma vaga na Série D do ano seguinte. "No Operário, eu trabalhei com o Gersinho [Gerson Gusmão, técnico] e tenho um carinho muito grande por ele. Foi um período que estava transitando da base para o profissional, fomos campeões da copa que dava acesso para a Série D. Eu me senti bem em Ponta Grossa e senti que era um clube organizado, além dos companheiros que eram parceiros", disse.