Coritiba e Athletico disputam clássico pelo Brasileirão

Equipes disputam o clássico Athletiba de número 389. Coxa deve ter várias alterações, enquanto Furacão tem desfalques por suspensão

Redação - 19 de junho de 2022, 08:00

Geraldo Bubniak/AGB
Geraldo Bubniak/AGB

Coritiba e Athletico entram em campo para o primeiro clássico Athletiba no Campeonato Brasileiro. A partida acontece na tarde deste domingo (19), às 16h, no Estádio Couto Pereira e é válida pela 13ª rodada competição.

Por conta dos recentes casos de violência e brigas, o jogo terá a presença apenas da torcida do Coritiba. Será a terceira vez nesta temporada que a medida é aplicada em um Athletiba. 

O Athletico é quem vive o melhor momento na competição e ocupa a 4ª posição na tabela. com 18 pontos. Já o Coxa, que vem de quatro partidas sem vencer, é o 13º colocado, com 15 pontos.

A equipe alviverde é quem vem com mais alterações para o confronto. Alex Muralha, Natanael e Fabrício Daniel, que foram titulares contra o RB Bragantino, não ficam nem no banco. Robinho, lesionado, também está fora da partida.

Como reforço, o Verdão conta com o retorno do lateral direito Matheus Alexandre, do volante Willian Farias e do atacante Léo Gamalho. Quem também volta é o meia Thonny Anderson, que cumpriu suspensação na última partida.

Já o Furacão tem dois desfalques por conta de suspensão automática. O volante Hugo Moura, que foi expulso contra o Corinthians, e o lateral esquerdo Abner Vinicius, que recebeu o terceiro cartão amarelo, estão de fora. Nas suas vagas entram Pedrinho e Erick, respectivamente.

Mas o Rubro-Negro pode ter mais uma alteração. De acordo com a jornalista Monique Vilela, Felipão pode começar a partida com Pablo Silles na vaga de Matheus Fernandes, no meio de campo.

FICHA TÉCNICA CORITIBA X ATHLETICO

Data, horário e local: domingo (18/06/2022), às 16h, no Couto Pereira, em Curitiba. 

Onde assistir Coritiba x Athletico: Globo (para o PR) e Premiere. 

Prováveis escalações:

Coritiba: Rafael William; Nathan Mendes (Matheus Alexandre), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Bernardo e Thonny Anderson; igor Paixão, Alef Manga e Adrian Martinez (Léo Gamalho). Técnico: Gustavo Morínigo

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Pedrinho; Erick, Pablo Silles (Matheus Fernandes) e David Terans; Cuello, Marcelo Cirino e Pablo. Técnico: Luiz Felipe Scolari. 

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA/SP) e Evandro de Melo Lima (SP). A responsável pelo árbitro de vídeo (VAR) será Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA/SP).