Athletico goleia o América de Cali e avança às quartas da Sul-Americana

Pedro Melo

Athletico América de Cali Sul-Americana resultado ficha técnica

O Athletico goleou o América de Cali por 4 a 1, na noite desta terça-feira (20), e se classificou para as quartas de final da Sul-Americana. Vitinho, duas vezes, Nikão e Léo Cittadini marcaram os gols da goleada, enquanto Adrian Ramos descontou.

Nas quartas de final, o Furacão enfrenta a LDU, do Equador, que eliminou o Grêmio com a vitória em Porto Alegre por 2 a 1. O jogo de ida acontece em Quito, entre 10 e 12 de agosto, e a volta é em Curitiba, na semana seguinte. A Conmebol vai divulgar nos próximos dias as datas e os horários.

Antes da próxima fase da Sul-Americana, o Athletico volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. A próxima partida é contra o Internacional, no domingo (25), às 18h15, novamente na Arena da Baixada.

ATHLETICO DESLANCHA NO SEGUNDO TEMPO, GOLEIA O AMÉRICA DE CALI E SE CLASSIFICA NA SUL-AMERICANA

Mesmo com a vantagem no confronto, o Rubro-Negro começou a partida em ritmo acelerado e quase abriu o placar no primeiro minuto. Nikão recebeu na direita e cruzou na segunda trave para Vitinho. O atacante cabeceou no contrapé e mandou muito perto do gol.

O América de Cali equilibrou a partida, mas pouco levou perigo para a meta adversário. Do outro lado, o Athletico aproveitou a categoria de seus atacantes para abrir o placar na Arena da Baixada. Aos 25, Nikão tabelou com Christian e David Terans, invadiu a área e cruzou para Vitinho, que apenas empurrou para as redes.

Após abrir o placar, o Furacão encontrou espaço para ampliar a vantagem ainda no primeiro tempo. David Terans até marcou aos 29, mas o árbitro anulou por impedimento de Nikão. Já Matheus Babi teve duas chances na cara do gol, porém, finalizou para fora em ambas.

O segundo tempo começou com uma notícia favorável ao Athletico logo aos seis minutos. Kevin Andrade deu um pisão em Léo Cittadini e foi expulso de campo.

Quando a situação parecia tranquila para o Rubro-Negro, o América de Cali empatou a partida. Pedro Henrique cometeu pênalti em Adrian Ramos e o árbitro marcou após olhar o lance no vídeo. Na cobrança, Adrian Ramos cobrou com força no meio e fez o gol.

Porém, o Athletico reagiu rapidamente e ficou em vantagem novamente três minutos depois de sofrer o empate. Nikão tentou um voleio, mas errou o chute e a bola ficou livre para Vitinho. O atacante chutou no canto direito e marcou pela segunda vez.

A pressão rubro-negra continuou para evitar um novo susto na partida. Aos 28, Matheus Babi caiu na área e o árbitro, perto do lance, mandou o jogo seguir. Porém, no minuto seguinte, o centroavante sofreu o pênalti e a arbitragem marcou. Na cobrança, Nikão cobrou rasteiro no canto esquerdo e aumentou a vantagem.

Na reta final, o técnico António Oliveira mudou a equipe para poupar alguns titulares já de olho na sequência de jogos. E uma das novidades em campo foi Jadson. O meia quase marcou um golaço aos 42 minutos, mas a bola bateu no travessão.

Ainda deu tempo da vitória do Athletico virar goleada na Arena da Baixada. Aos 51 minutos, Fernando Canesin arriscou chute de longe e acertou o ângulo, sem nenhuma chance para o goleiro Graterol.

FICHA TÉCNICA – JOGO DE VOLTA DAS OITAVAS DA SUL-AMERICANA

Data, horário e local: terça-feira (20), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Bento; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nícolas; Christian (Fernando Canesin), Léo Cittadini (Luan Patrick) e David Terans (Jadson); Nikão, Matheus Babi (Renato Kayzer) e Vitinho (Jaderson). Técnico: António Oliveira.

América de Cali: Graterol; Torres, Andrade, Ortiz Cabezas e Quiñones; Arrieta, Paz, Ureña e Malagón (Batalla); Cortéz (João Rodriguez) e Ramos. Técnico: Juan Carlos Osorio.

Gols: Vitinho (CAP), aos 25′ do primeiro tempo e aos 25′ do segundo tempo, Adrian Ramos (AME), aos 23′ do segundo tempo, Nikão (CAP), aos 33′ do segundo tempo, e Fernando Canesin (CAP), aos 51′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Ureña e Graterol (AME); Thiago Heleno (CAP).

Cartão vermelho: Andrade (AME).

Arbitragem: Dario Herrera (ARG), auxiliado por Ezequiel Brailovsky (ARG) e Gabriel Chade (ARG). O responsável pelo VAR é Patrício Loustau (ARG).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="776933" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]