Athletico: Felipão explica estratégia contra o Flamengo e espera 40 mil na Arena

O Furacão jogou com três zagueiros, reforçou o meio-campo e teve apenas dois atacantes, e segurou o ataque flamenguista durante os 90 minutos

Pedro Melo - 28 de julho de 2022, 10:30

(José Tramontin/Athletico)
(José Tramontin/Athletico)

O técnico Felipão comemorou o sucesso na estratégia utilizada pelo Athletico no empate em 0 a 0 com o Flamengo, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O Furacão jogou com três zagueiros, reforçou o meio-campo e teve apenas dois atacantes.

"Deu certo. Não foi sofrimento demais porque a gente sabia que o Flamengo no mínimo iria criar três ou quatro chances de gol ao natural. Eles fazem assim com todo mundo. A estratégia foi razoavelmente bem feita por todos e conseguimos pelo menos aquilo que nos deixa vivos na Copa do Brasil. E é claro que a gente conhece a copa, por já ter vivido em muitas oportunidades. Eu vim hoje jogar com três zagueiros porque o Flamengo joga com um losango muito ruim de marcar. E foi bem. Vamos ver se no próximo jogo a gente consegue ser um pouquinho mais abusado e fazer o que a gente precisa", afirmou o treinador.

Felipão ainda destacou que não tem nada ganho e convocou a torcida para lotar as arquibancadas da Arena da Baixada no jogo de volta. "Nós corremos sérios riscos, mas conseguimos levar para Curitiba a possibilidade de com uma vitória sairmos classificados. É claro que não vai mudar nada. É muito difícil que o Flamengo jogue em qualquer lugar e não seja o Flamengo. Digo à nossa torcida que precisamos ter 40 mil athleticanos no campo. Vamos dar o troco de que tivemos aqui. Vamos tentar fazer com que o Flamengo também se sinta pressionado", disse.

A segunda partida entre Athletico e Flamengo acontece no dia 17 de agosto, às 21h30. O vencedor da partida se garante na semifinal da Copa do Brasil. Em caso de novo empate, a decisão vai para os pênaltis.

AGENDA DO ATHLETICO

  • São Paulo - domingo (31/07), às 16h, na Arena da Baixada
  • Estudiantes - quinta-feira (04/08), às 21h30, na Arena da Baixada
  • Atlético-MG - domingo (07/08), às 19h, no Mineirão
  • Estudiantes - quinta-feira (11/08), às 21h30, no Jorge Luis Hirschi