Athletico goleia o Atlético-GO na reestreia de Fernandinho e volta para o G4

Na reestreia do volante Fernandinho, o Athletico goleou o Atlético-GO por 4 a 1 e vai dormir no G4 do Campeonato Brasileiro

Pedro Melo - 20 de julho de 2022, 21:26

(Ernani Ogata/Código 19/Folhapress)
(Ernani Ogata/Código 19/Folhapress)

Na reestreia do volante Fernandinho, o Athletico goleou o Atlético-GO por 4 a 1 e vai dormir no G4 do Campeonato Brasileiro. Tomás Cuello, Canobbio, David Terans, em um golaço, e Léo Cittadini fizeram os gols da vitória athleticana, e Kelvin descontou.

O resultado positivo na Arena da Baixada levou o Rubro-Negro para os 31 pontos, provisoriamente na quarta posição. Além disso, a desvantagem para o líder Palmeiras, que ainda joga na rodada contra o América-MG, caiu para somente dois pontos.

A próxima partida do Furacão já é no sábado (23), às 21h, contra o Botafogo, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

ATHLETICO TEM INÍCIO ARRASADOR CONTRA O ATLÉTICO-GO E COMPLETA VITÓRIA NO SEGUNDO TEMPO

Empurrado pela torcida, o Athletico teve um excelente início e marcou dois gols em apenas 13 minutos. Aos 8, Khellven fez o cruzamento na área, Canobbio não desviou e Tomás Cuello, mesmo sem ângulo, chutou forte para abrir o placar. O goleiro Ronaldo até tocou na bola, mas não evitou o gol.

E o segundo saiu apenas cinco minutos depois. David Terans fez grande jogada individual, passou por Wanderson na velocidade e cruzou rasteiro para o meio da área. Canobbio recebeu, livre de marcação, e teve apenas o trabalho de empurrar a bola para o fundo da rede.

O Atlético-GO voltou para o segundo tempo com três mudanças e quase descontou logo no início. Logo aos dois, Hayner foi lançado nas costas da defesa e cruzou rasteiro para Churín, que finalizou forte, mas parou em grande defesa de Bento.

Do outro lado, o Athletico precisou de apenas uma chance na etapa final para acabar com qualquer tentativa de reação do adversário e ampliar. David Terans recebeu o lançamento na ponta esquerda, viu o goleiro Ronaldo adiantado e chutou cruzado no ângulo.

O quarto gol do Furacão quase saiu no minuto seguinte. Rômulo recebeu passe de Canobbio na linha de fundo e tocou para trás. David Terans chutou de primeira da marca do pênalti e Ronaldo salvou à queima-roupa.

Com a larga vantagem, Felipão optou por mexer na equipe e promoveu a reestreia de Fernandinho aos 26 minutos. Não deu tempo nem do volante tocar na bola e o Atlético-GO descontou. Em rápido contra-ataque, Kelvin arrancou em velocidade e acertou chute no ângulo esquerdo, sem chance para Bento.

O gol deu moral para o time goiano que teve chances para fazer o segundo. A melhor delas foi aos 33, quando Hayner lançou a bola na área e Bento deu um tapa. Shaylon mandou para o gol e Khellven salvou.

Nos acréscimos, o Athletico transformou a vitória em goleada e com pé do estreante da noite. Fernandinho cruzou a bola na área, Léo Cittadini cabeceou no canto e fez o quarto.

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO 4X1 ATLÉTICO-GO

Data, horário e local: quarta-feira (20), às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Erick (Fernandinho) e David Terans (Léo Cittadini); Canobbio (Vitor Roque), Pablo (Rômulo) e Tomás Cuello. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Atlético-GO: Ronaldo; Hayner, Wanderson, Edson Felipe e Jefferson (Arthur Henrique); Gabriel Baralhas, Marlon Freitas (Ricardinho) e Wellington Rato (Léo Pereira); Airton (Shaylon), Churín e Luiz Fernando (Kelvin). Técnico: Jorginho.

Gols: Tomás Cuello (CAP), aos 8' do primeiro tempo, Canobbio (CAP), aos 13' do primeiro tempo, David Terans (CAP), aos 5' do segundo tempo, Kelvin (ACG), aos 28' do segundo tempo, e Léo Cittadini (CAP), aos 50' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Vitor Roque e Pedro Henrique (CAP).

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (RJ), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correia (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ). O VAR é Adriano de Assis Miranda (SP), com assistência de Fabio Rogério Baesteiro (SP).