Athletico-PR e Atlético-GO divulgam as escalações: veja onde assistir o jogo ao vivo

Redação


O Athletico Paranaense encara o Atlético Goianiense neste sábado (17) pela 17ª rodada do Brasileirão. Confira onde assistir e as escalações das equipes!

O duelo está marcado para às 19h deste sábado (16) e não terá transmissão de nenhum canal para o Brasil porque o Athletico não tem acordo com o pay-per-view. O Fanatiz exibe a partida fora do país.

ATHLETICO-PR TENTA ENCERRAR JEJUM CONTRA ATLÉTICO-GO 

O Athletico-PR chega para o jogo pressionado já que é o 18° colocado, com 15 pontos. O time entrou na zona de rebaixamento após o revés sofrido diante o Corinthians na última quarta-feira.

A série negativa aumentou: são quatro jogos sem vencer na Série A (derrotas para Internacional, Flamengo e Corinthians além do empate sem gols com o Ceará). Para piorar, o Furacão tem o pior ataque da competição – apenas 11 gols marcados em 15 partidas.

Para tentar mudar isso, o técnico interino Eduardo Barros conta com as voltas do goleiro Santos (que estava com a seleção brasileira) e o meia-atacante Nikão (recuperado de lesão), que fica no banco de reservas.

Do outro lado, o Atlético Goianiense chega embalado mesmo com a perda do técnico Vágner Mancini para o Corinthians. O Dragão venceu as duas últimas partidas, contra Santos e Bragantino, e aparece na nona posição com 21 pontos.

Dentro de campo, os goianienses não poderão contar com o lateral Nicolas, vetado por pertencer ao clube paranaense, eo meia-atacante Gustavo Ferrareis, suspenso. Com isso, Natanael ocupa a vaga do lado esquerdo da defesa enquanto Matheus Vargas ganha oportunidade no ataque.

ATLÉTICO GOIANIENSE x ATHLETICO-PR

17ª rodada do Brasileirão

Data, hora e local: sábado (17/10/2020), às 19h, no estádio Olímpico, em Goiânia.

Onde assistir: sem transmissão para o Brasil.

Atlético-GO: Jean; Dudu, João Victor, Éder e Natanael; Willian Maranhão, Marlon Freitas e Chico; Janderson, Zé Roberto e Matheus Vargas. Técnico: Eduardo Souza.

Athletico-PR: Santos; Léo Gomes, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Wellington, Christian, Léo Cittadini e Ravanelli; Carlos Eduardo e Renato Kayzer. Técnico: Eduardo Barros.

Previous ArticleNext Article