Cuca minimiza vantagem e alerta torcida do Atlético-MG antes da final: Vai ser duro

A finalíssima entre Athletico e Atlético Mineiro pelo título da Copa do Brasil vai ser difícil para o Galo mesmo com a v..

Vinicius Cordeiro - 14 de dezembro de 2021, 19:30

(Lucas Figueiredo/CBF)
(Lucas Figueiredo/CBF)

A finalíssima entre Athletico e Atlético Mineiro pelo título da Copa do Brasil vai ser difícil para o Galo mesmo com a vantagem de 4 a 0 construída na ida. Essa é a avaliação do técnico Cuca, que já mandou o recado para os mineiros um dia antes da decisão, marcada para às 21h30 desta quarta-feira (15), na Arena da Baixada, em Curitiba.

"Não podemos pensar na vantagem no primeiro minuto. Isso tem que acontecer, se necessário, no final. Cara, vai ser duro esse jogo. Se prepare, torcedor do Galo. Não podemos achar que é um jogo tranquilo porque tudo muda. Um gol muda toda a história de um jogo. Com 40 mil na casa do adversário, tem que saber entender o jogo. A gente tem que mentalizar o tempo inteiro", projetou o treinador na entrevista coletiva pré-jogo.

Na escalação, o Galo deve ter duas mudanças: Rever assume a titularidade na defesa, ocupando a vaga que foi de Igor Rabello no fim de semana.

Já no ataque, Diego Costa deve ficar como opção no banco de reservas se for liberado pelo departamento médico. O centroavante saiu machucado, com problema na coxa, no primeiro jogo da final e fez um trabalho físico à parte em Belo Horizonte antes de se reintegrar ao grupo que chegou em Curitiba na madrugada de terça-feira (14). Sem Diego Costa, Cuca deve optar por escalar o chileno Eduardo Vargas ou o meia argentino Nacho Fernández.

CUCA ERA TORCEDOR DO ATHLETICO E MANTÉM BOM RETROSPECTO CONTRA O FURACÃO

Curitibano e com origem no bairro Santa Felicidade, Cuca foi criado por família rubro-negra. No entanto, o comandante campeão brasileiro e da Libertadores pelo Galo voltou a minimizar isso.

"Sou 100% profissional. Nunca escondi de ninguém que fui torcedor do Athletico quando menino e hoje vou fazer o melhor que posso pelo Galo", disse ele na coletiva.

Vale destacar que Cuca tem um bom retrospecto contra o Furacão. Em nove jogos por quatro clubes diferentes, são oito vitórias. A única derrota foi em 2017, na campanha em que o Palmeiras se sagrou campeão do Brasileirão. Nesta temporada, o Atlético-MG venceu o Athletico nos três confrontos - 4 a 0 no jogo de ida da final, 2 a 0 pela 14ª rodada da Série A, no Mineirão, e 1 a 0 pela 33ª rodada, na Arena.