Athletico derrota o Ceará e volta a vencer na Arena da Baixada; veja os gols

Pedro Melo

Athletico Ceará Brasileirão resultado ficha tecnica

O Athletico venceu o Ceará por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (10), encerrou o jejum de cinco jogos sem vencer na Arena da Baixada e praticamente se livrou de qualquer possibilidade de rebaixamento no Brasileirão. Renato Kayzer e Pedro Henrique marcaram os gols do Furacão, enquanto Rick descontou.

Essa é a primeira vitória do Rubro-Negro na Arena da Baixada desde a chegada de Alberto Valentim. Antes, foram cinco jogos, com dois empates contra o Flamengo (um na Copa do Brasil e outro no Brasileirão) e três derrotas para Bahia, Fluminense e Santos.

E com o resultado positivo diante da torcida, o Athletico sobe para 41 pontos, na 9ª colocação, e abre 11 de vantagem para a zona de rebaixamento. Por outro lado, o Rubro-Negro tem apenas seis de desvantagem para o G6 e ainda sonha com uma vaga na Libertadores via Brasileirão.

Na próxima rodada, o Furacão vai até Porto Alegre para visitar o Internacional, no sábado, às 19h, no Beira-Rio. Essa será a penúltima partida até da decisão da Sul-Americana contra o Red Bull Bragantino.

ATHLETICO MARCA UM GOL EM CADA TEMPO NA VITÓRIA SOBRE O CEARÁ

O primeiro tempo ficou marcado pela pressão do Athletico em busca do gol contra a defesa do Ceará que tentava segurar o empate. Logo no primeiro minuto, Renato Kayzer recebeu na área, chutou cruzado e o goleiro João Ricardo defendeu com tranquilidade.

Durante a etapa inicial, o Ceará até tentou sair do campo defensivo e levou perigo aos 38 minutos, quando Santos salvou o chute de Vina. Porém, aos 43, o Athletico aproveitou vacilo do adversário e abriu o placar. Renato Kayzer recebeu a bola nas costas da defesa e chutou rasteiro na saída do goleiro para balançar as redes.


Em desvantagem, o Ceará voltou com uma postura diferente e precisou de apenas seis minutos para empatar o jogo. Após erro de Abner, Mendonza chutou da entrada da área e Santos deu rebote. Rick aproveitou e empurrou a bola para o fundo do gol.


O Athletico não se abalou com o gol sofrido e usou a força da bola parada para marcar o gol da vitória. Aos 23 minutos, Nikão cobrou escanteio no meio da área, Pedro Henrique subiu livre de marcação e cabeceou para as redes.


Na reta final, o Furacão ainda ficou com um jogador a mais após a expulsão direta de Fernando Sobral por falta em Fernando Canesin. E na cobrança da falta, Renato Kayzer quase ampliou a vantagem, mas a bola passou perto da trave.

FICHA TÉCNICA – 31ª RODADA DO BRASILEIRÃO

Data, horário e local: quarta-feira (10/11), às 18h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Zé Ivaldo); Marcinho, Erick (Fernando Canesin), Christian e Abner (Pedrinho); Nikão, Renato Kayzer e David Terans (Pedro Rocha). Técnico: Alberto Valentim.

Ceará: João Ricardo; Gabriel Dias, Klaus, Gabriel Lacerda, Bruno Pacheco (Yony González); Fabinho (Oliveira), Marlon (Cléber), Sobral, Vina; Rick (Erick) e Mendoza (Lima). Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Renato Kayzer (CAP), aos 43′ do primeiro tempo, Rick (CEA), aos 6′ do segundo tempo, e Pedro Henrique (CAP), aos 23′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Christian, Abner, Renato Kayzer e Santos (CAP); João Ricardo e Vina (CEA).

Cartão vermelho: Fernando Sobral (CEA).

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO). O árbitro de vídeo é Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="802695" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]