Athletico, Coritiba e Paraná Clube esperam por público nos estádios até outubro

Pedro Melo

Athletico Coritiba Paraná Clube retorno público estádios Curitiba

A volta do público aos estádios em Curitiba está cada vez mais próxima. Athletico, Coritiba e Paraná Clube já conversam para apresentar protocolo único à prefeitura nos próximos dias. A informação foi revelada pelo presidente do Coxa, Juarez Moraes e Silva, em entrevista à rádio Transamérica.

“Nós já há alguns dias temos feito um alinhamento com o presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, e o presidente do Paraná Clube, Casinha, no sentido de protocolo de intenções a ser entregue para a prefeitura primeiramente para a volta do público, sempre entendendo que a segurança em primeiro lugar. A gente pretende que o público volte aos estúdios em condições plenas de segurança. A ideia a partir desse alinhamento com os dois clubes é fazer esse protocolo junto a prefeitura de Curitiba. Comunicamos ao prefeito, que se dispôs a analisar com carinho de forma técnica”, afirmou o presidente do Coritiba.

Moraes e Silva ainda destacou que houve conversas com o Governo do Paraná, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O objetivo é evitar um desequilíbrio com público apenas em alguns estádios.

“A gente deve dar entrada nisso nos próximos dias e esse protocolo já tem um esboço montado pelos três clubes. Conversamos também com o presidente da Federação Paranaense, o Governo do Estado e a própria CBF. Não pode um estado liberar o público e outro não. Aí vai desequilibrar o campeonato pelo fator público, que faz a diferença. A torcida tem um fator de relevância quando está no estádio”, comentou o mandatário coxa-branca.

RETORNO DO PÚBLICO EM CURITIBA ATÉ OUTUBRO

O presidente do Coritiba, junto com os outros membros do G5, se reuniu com o prefeito Rafael Greca na quarta-feira (11) para debater diversos assuntos, entre eles a volta do público aos estádios. Ele acredita que a torcida pode retornar até outubro, mas com restrições.

“É uma tendência que vai ocorrer nas próximas semanas. De um a dois meses a gente já pode ter o público de volta, mas com restrições”, comentou Juarez Moraes e Silva. “Pela projeção que a gente faz para o processo andar, eu acredito que setembro para outubro tenha viabilidade. Com restrições estabelecidas pela prefeitura”, acrescentou.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782655" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]