Athletico poupa titulares na estreia de Felipão; veja o time confirmado

O técnico Luiz Felipe Scolari estreia no Athletico com um time misto na partida contra o Tocantinópolis - veja a escalação confirmada

Pedro Melo - 10 de maio de 2022, 20:31

(José Tramontin/Athletico)
(José Tramontin/Athletico)

O técnico Luiz Felipe Scolari estreia no Athletico com um time misto na partida contra o Tocantinópolis. Com uma larga vantagem no confronto da terceira fase da Copa do Brasil, Felipão opta por mudar a equipe titular de olho na maratona das próximas semanas por Campeonato Brasileiro e Libertadores.

Do time que começou a partida contra o Ceará, no último sábado (07), o lateral-direito Erick, o zagueiro Matheus Felipe, o volante Bryan García, o meia David Terans e os atacantes Canobbio e Vitinho foram poupados. Matheus Felipe, Canobbio e Terans sequer ficam no banco de reservas.

Outra mudança é a ausência do atacante Marcelo Cirino. O centroavante machucou a coxa ainda no primeiro tempo da vitória sobre o Ceará e permanece no departamento médico. Já o lateral-direito Orejuela e o atacante Vitor Roque também ficam de fora por terem jogado as fases anteriores da Copa do Brasil em outros clubes.

Assim, Felipão dá oportunidades para jogadores que pouco foram titulares na temporada e escala o Athletico com Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Matheus Fernandes e Marlos; Pedro Rocha, Pablo e Tomás Cuello.

O Rubro-Negro, ainda sob o comando de Fábio Carille, ganhou o jogo de ida no Tocantins por 5 a 2 e pode até perder por dois gols de diferença que ainda se garante nas oitavas de final da Copa do Brasil

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO X TOCANTINÓPOLIS

Onde assistir Athletico x Tocantinópolis na Copa do Brasil: sportv, Premiere e Premiere Play.

Data, horário e local: terça-feira (10), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Matheus Fernandes e Marlos; Pedro Rocha, Pablo e Tomás Cuello. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Tocantinópolis: Jefferson; Marcinho, Betão, Wanderson e Chico Bala; Pedro Dias, Rômulo e Raía: Alan Maia, Everson Bambelo e Elifran. Técnico: Jairo Nascimento.

Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ), auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ).