Athletico muda esquema e tem novidades contra o Flamengo; veja o time confirmado

O técnico Felipão mudou o esquema tático com a entrada de mais um zagueiro e ainda fez outra troca no ataque - veja a escalação confirmada

Pedro Melo - 27 de julho de 2022, 20:31

(José Tramontin/Athletico)
(José Tramontin/Athletico)

O Athletico divulgou a escalação oficial para o jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil contra o Flamengo. O técnico Felipão mudou o esquema tático com a entrada de mais um zagueiro e ainda colocou Fernandinho mais uma vez entre os titulares.

Na defesa, Thiago Heleno, que retornou aos gramados no último sábado, permanece no time titular para jogar com Pedro Henrique e Nico Hernández. Os dois jogadores vinham sendo titulares nas últimas partidas.

Outra mudança foi a saída de Canobbio para a entrada de Fernandinho, que vai ser titular pela segunda partida seguida. Assim, David Terans e Tomás Cuello formam a dupla de ataque.

A escalação do Athletico já oficializada tem Bento; Nico Hernández, Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Hugo Moura, Fernandinho, Erick e Abner; David Terans e Tomás Cuello.

O Flamengo tem os retornos dos laterais Rodinei e Filipe Luís e dos zagueiros David Luiz e Léo Pereira, poupados do jogo do Brasileirão contra o Avaí. Outra novidade é a volta do volante Thiago Maia, que cumpriu suspensão no fim de semana. 

O técnico Dorival Júnior escala o time flamenguista com Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luis; Thiago Maia, João Gomes, Éverton Ribeiro e De Arrascaeta; Gabigol e Pedro.

FICHA TÉCNICA - FLAMENGO X ATHLETICO

Onde assistir Flamengo x Athletico na Copa do Brasil: Globo, sportv e Premiere.

Data, horário e local: quarta-feira (27), às 21h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Flamengo: Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luis; Thiago Maia, João Gomes, Éverton Ribeiro e De Arrascaeta; Gabigol e Pedro. Técnico: Dorival Júnior.

Athletico: Bento; Nico Hernández, Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Hugo Moura, Fernandinho, Erick e Abner; David Terans e Tomás Cuello. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP). O VAR é Wagner Reway (MT), com assistência de Cleriston Clay Barreto Rios (SE).