Athletico x Estudiantes: Conmebol divulga áudio do VAR em pênalti anulado; ouça

O lance aconteceu no primeiro tempo do empate em 0 a 0 com o Estudiantes, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores

Pedro Melo - 05 de agosto de 2022, 15:02

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

A Conmebol divulgou o áudio da conversa da arbitragem no pênalti anulado para o Athletico. O lance aconteceu no primeiro tempo do empate em 0 a 0 com o Estudiantes, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

Aos 24 minutos da etapa inicial Khellven cruzou na segunda trave, Tomás Cuello evitou a saída e cabeceou para o meio da área. A bola bateu no braço de Godoy e o árbitro Jesús Valenzuela marcou o pênalti. Porém, o venezuelano foi chamado pelo árbitro de vídeo Júlio Bascuñan e anulou o lance após olhar no vídeo.

Na conversa, Júlio Bascuñan sugere a revisão do lance porque “o jogador diminui a amplitude do corpo”. Valenzuela, então, vê o toque no braço por diversos ângulos e concordou com a opinião do VAR.

O QUE DIZ A REGRA SOBRE O PÊNALTI ANULADO DO ATHLETICO?

A regra diz que o braço aberto não configura pênalti automaticamente. Só vai ser a marcada a infração se “tocar na bola com mão/braço deliberadamente, inclusive quando houver movimento da mão/braço na direção à bola” ou “a mão/braço estiver em posição antinatural e com isso ampliando o espaço do corpo”.

O lance gerou muita reclamação do Athletico, que se sentiu prejudicado pela arbitragem. "A imagem mostra perfeitamente que ele está com o braço aberto e a bola tocou no braço. Não dá para entender esse tipo de arbitragem. Porque um árbitro que está a dois metros do lance não tem a firmeza de dizer que quem manda sou eu. Agora quem manda em todos os lances do futebol é o VAR. Se querem assim, que seja assim. Vamos lá, jogar de igual para igual, com as mesmas condições que tivemos aqui", criticou o técnico Felipão.

A partida de ida pelas quartas de final da Libertadores terminou empatada em 0 a 0. O segundo jogo entre Athletico e Estudiantes acontece na próxima quinta-feira (11), às 21h30, no estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata.