Athletico fala em "espírito de guerra" para o jogo contra o Flamengo na Copa do Brasil

Para o zagueiro Thiago Heleno, a equipe athleticana tem que manter concentrada e com "espírito de guerra" contra o Flamengo

Pedro Melo - 25 de julho de 2022, 15:50

(José Tramontin/Athletico)
(José Tramontin/Athletico)

O Athletico já deixou para trás a derrota por 2 a 0 para o Botafogo e agora foca exclusivamente no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Para o zagueiro Thiago Heleno, a equipe tem que entrar concentrada e com "espírito de guerra".

"O mais importante é que o grupo está com confiança e vem demonstrando isso desde quando o Felipão chegou. É manter o nível de concentração. Todos sabem que é Copa, o primeiro jogo é importante, mas não termina nada. É espírito de vencer, espírito de guerra, e todo mundo sabe que vai ser um jogo difícil", afirmou o zagueiro.

Já Nico Hernández, poupado do início da partida contra o Botafogo e que entrou no lugar justamente de Thiago Heleno, destacou a força do elenco para aguentar a maratona decisiva das próximas semanas. "A sequência vai ser difícil agora, mas o time está preparado para isso e trabalhando no dia a dia. São 25, 26 jogadores que estão à disposição sempre. Agora é trabalhar para melhorar algumas coisas que estamos falhando", comentou.

Athletico e Flamengo se enfrentam pela quinta vez na história da Copa do Brasil, sendo o quarto ano seguido. No ano passado, o Furacão eliminou o rival na semifinal, com direito a vitória por 3 a 0 em pleno Maracanã.

Segundo Nico Hernández, existe uma rivalidade entre as duas equipes, mas a situação não é igual a de 2021. "São momentos diferentes, jogadores diferentes e cenário diferente. Vai ser um jogo bonito. Sabemos que tem uma rivalidade, mas vamos trabalhar para poder estar à altura do jogo", disse.

O primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil entre Athletico e Flamengo acontece na quarta-feira (27), às 21h30.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Flamengo - quarta (27/07), às 21h30, no Maracanã
  • São Paulo - domingo (31/07), às 16h, na Arena da Baixada
  • Estudiantes - quinta-feira (04/08), às 21h30, na Arena da Baixada
  • Atlético-MG - domingo (07/08), às 19h, no Mineirão
  • Estudiantes - quinta-feira (11/08), às 21h30, no Jorge Luis Hirschi