Athletico reforça filosofia campeã em busca do tricampeonato Paranaense

Jorge de Sousa

Paranaense Athletico X Toledo Campeonato Paranaense FPF Eduardo Barros

O Athletico Paranaense segue com a aposta em uma equipe de aspirantes para a disputa do Campeonato Paranaense. Mas a filosofia de jogo e atenção no trabalho de base colocaram o Furacão no topo do futebol estadual nos últimos dois anos.

Para 2020, Eduardo Barros terá a responsabilidade de buscar o inédito tricampeonato (em 2002 o Athletico venceu o Supercampeonato Paranaense, enquanto o Iraty foi campeão estadual). Barros será o terceiro técnico nos últimos três campeonatos estaduais, com Tiago Nunes (2018) e Rafael Guanaes (2019) terminando a disputa com a taça.

Barros treinou o Athletico nas últimas oito rodadas do Campeonato Brasileiro de 2019 e saiu invicto do torneio. Após Nunes sair do título estadual direto para a conquista da Copa Sul-Americana em 2018, Barros sabe que a conquista do Paranaense pode somar pontos importantes para uma nova chance na equipe principal.

TIME BASE

Como nas últimas temporadas, o Athletico foi ao mercado e trouxe peças para sua equipe de aspirantes. Destaque para o zagueiro Danilo Boza, o volante Léo Gomes, o meia Denner e o atacante Reinaldo. Além deles, os atacantes Breno Lopes e Bissoli – que estão na disputa do Torneio de Verão com a equipe principal, podem ser reforços no decorrer do Parananese.

Barros mantém o padrão da equipe principal e com isso o Furacão deve apresentar uma equipe com trocas rápidas de passe, trocas de posição no meio campo, dentro do esquema 4-2-3-1.

Neste sábado (18), contra o União de Beltrão, Eduardo Barros deve escalar o Athletico com Anderson, Léo Simas, Danilo Boza, Walber e Abner Vinicius; Léo Gomes, Christian, Denner e Jaderson; Pedrinho e Boselli.

Previous ArticleNext Article